AVISO: NOVO LOCAL DE ATENDIMENTO - Rua Saint Hilaire 96 (a 5 minutos da clínica antiga), de segunda a sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Marie Claire: 7 práticas que ajudam a aliviar o estresse e ansiedade na quarentena

Período de isolamento pode vir acompanhado de pensamentos negativos que atrapalham a rotina. Veja maneiras simples de levantar o astral.

O isolamento na quarentena pode ser uma importante fonte de ansiedade por causa da constante sensação de incerteza perante o futuro. Com a pandemia do novo coronavírus, muita gente percebeu sintomas como sensação de esgotamento e depressão estão mais prevalentes, além de inquietação, batimento cardíaco acelerado, dor abdominal, dificuldade de concentração, irritabilidade, insônia e tensão muscular. 

Gerenciar o estresse nesse período e manter a sanidade mental é fundamental para diminuir a incidência de depressão e não afetar o sistema imunológico. Confira a seguir 7 práticas que prometem te ajudar no gerenciamento do estresse e ansiedade:

Acupuntura

Já está mais do que comprovado que a acupuntura pode curar muitas doenças físicas e emocionais. O tratamento no combate à ansiedade e estresse através da acupuntura tem resultados após 2 a 4 semanas de tratamento. Inicialmente, indica-se pelo menos 2 sessões semanais, já que o efeito do tratamento com acupuntura tende a ser cumulativo. 

A acupuntura para ansiedade é um tratamento seguro e eficaz. Se a pessoa sofre de ansiedade ou depressão moderada a grave, é importante manter a acupuntura como tratamento complementar e conversar com seu médico sobre o tratamento. “Muitas vezes, o tratamento deve ser interdisciplinar, ou seja, envolvendo não apenas acupuntura, mas também uso de medicamentos e terapias”, explica Dr. Marcus Pai, médico especialista em acupuntura em São Paulo.

Cromoterapia

Você sabia que é possível tratar ansiedade e estresse através das cores? Pois é! A cromoterapia, método já reconhecido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) trabalha com as sete cores do arco-íris (vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta) para controlar e tratar problemas da mente (equilíbrio) e do corpo (doenças).

Cada cor representa um chakras e todos estão localizados na coluna vertebral. Estes pontos do corpo são considerados campos de energia que exercem forte influência nas nossas emoções e na nossa saúde corporal. A cor responsável por combater a ansiedade, estresse e também a insônia é o azul, que transmite tranquilidade, calma e serenidade. 

Para aplicar a cromoterapia no seu dia a dia, você pode marcar uma sessão em clínicas estéticas ou centros holísticos ou ainda usar as cores indicadas em peças de roupa, decoração da casa, objetos pessoais, já que o hábito atrai boas energias.

Terapia com florais

Florais alquímicos são feitos de flores ricas em oxigênio, mergulhadas em um líquido e ficam 30 dias passando sua essência para o recipiente. Depois tudo é coado, envidrado e diluído para o paciente. Existem duas de florais alquímicos: os compostos (que podem ser usados de uma forma geral) e os sutis (exclusivos para uso de profissionais da alquimista terapeuta).

Os florais são muito bons para combater o estresse e a ansiedade e trazer bem-estar. No momento em que você entra em contato com uma substância sutil que venha da natureza, que seja do reino vegetal, a substância te traz essa calma que há na natureza. Além disso, os florais alquímicos não trabalham só nos sintomas, mas também no equilíbrio do ser.

“Remédio é para remediar, já os florais da alquimia floral são para curar e prevenir, porque quando você tem consciência do sintoma e porque aquilo está te afetando, a cura fica muito mais fácil, e os florais trabalham nisso, na causa. Uma emoção não digerida pode causar má digestão, por exemplo”, diz Joel Aleixo, alquimista da AlkhemyLab.

Caso você queira experimentar um floral, vá até um estabelecimento autorizado (pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação) e descreva seu problema para um atendente especializado, pois ele irá indicar o melhor floral. Não existe contra-indicação para os florais alquímicos, mas Joel pede que gestantes e lactantes consultem seus médicos previamente.

Yoga

Não se deixe intimidar ao ver pessoas em posições de yoga que parecem impossíveis. Vale sim começar aos poucos,sempre respeitando os limites do seu corpo. Para iniciar, você deve escolher um local da casa onde não haja distrações e que seja silencioso para manter a concentração.

É importante ressaltar algumas regras: não se alimente três horas antes da yoga, escolha roupas bem confortáveis, aquelas mesmo, bem velhinhas que você usa em casa e tenha um tapete para firmar os pés.

Entre os benefícios da prática estão: aumenta sua energia, melhora o condicionamento físico, deixa o corpo mais elástico, forte e firme. Além disso, com o tempo você vai sentir menos ansiedade e estresse e seu sono vai ficar melhor. A yoga trabalha corpo e mente, por isso você aprende a se sentir, trabalhar seu espírito e sua paz interior.

Aromaterapia

Aromaterapia é a terapia feita com a ajuda de óleos essenciais naturais, usados como uma ferramenta de apoio para saúde, equilíbrio e bem-estar. No contexto que estamos vivendo hoje, ajudam a relaxar, tranquilizar e proporcionar paz e alegria. O óleo mais usado para diminuir ansiedade e auxiliar no relaxamento físico e mental é o óleo de lavanda, mas existem outros óleos que ajudam nessa mesma atividade, como erva doce e camomila.

“Para começar na aromaterapia, a pessoa passa por uma entrevista detalhada para que o profissional identifique suas dificuldades. Já no primeiro encontro, no final, é sugerido algum óleo vegetal ou creme neutro associado a um ou uma sinergia (mistura de mais de 1 óleo essencial juntos)”, explica Cristiane Pagliuchi Silveira, aromaterapeuta, osmóloga, engenheira cosmética da WNF e diretora científica da Vegana.

Dá pra fazer aromaterapia em casa? Sim! Você pode usar os óleos essenciais no corpo e/ou no ambiente, seja passando diretamente na pele associado a um óleo neutro vegetal, ou creme neutro (o melhor momento é após o banho à noite ou antes de dormir). A proporção ideal: 5 ml de óleo base para 2 gotas de óleo essencial.

Cristiane indica que, no ambiente, os óleos devem ser usados na difusão aérea, através de difusores a vela, com lâmpada, tomadinha ou ultrassônicos. Proporção: 10 ou 15 gotas para até 3 horas de aromaterapia.

Meditação

Conhecida por relaxar corpo e mente através da respiração, a meditação consegue diminuir o estresse e agitação nesse período de isolamento. O ato de esvaziar a mente faz com que a pessoa esqueça alguns fatos que a fazem se sentir pesada e preocupada. Com prática e persistência, ao respirar corretamente e entrar em contato consigo mesmo, você aumenta o foco, a concentração e tudo em volta entra novamente em harmonia.

Assim como na yoga, para praticar meditação é indicado que você escolha um local silencioso e sem distrações de pessoas, pelo menos nas primeiras vezes. Com a ajuda de um tapete confortável e uma música com melodia calma, a meditação (seu estado de relaxamento) irá acontecer de forma natural. É só se desligar do mundo por alguns minutos.

Massagem

A massagem vai muito além do relaxamento do corpo e já é bastante aplicada para ajudar a mental, trazendo equilíbrio e paz interior. Feita por um profissional e com os movimentos adequados, a massagem faz o indivíduo ficar em estado total de repouso e calma, diminuindo as tensões emocionais e regulando a respiração.

É exatamente esse estado de repouso absoluto que faz reduzir os níveis de cortisol (hormônio responsável pela ansiedade e estresse), melhora o sono, diminui as tensões musculares, traz mais energia, vitalidade e menos preocupações com fatores exteriores. Além disso, sessões de massagem frequentes trazem bons resultados em casos de depressão.