AVISO - COVID-19: Estamos com atendimento segunda/terça/quinta/sexta/sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Acupuntura alivia ondas de calor na Menopausa

Para mulheres que estão na menopausa, as ondas de calor podem ser um dos sintomas mais incômodos e prejudiciais. No entanto, um novo estudo sugere que a Acupuntura pode ajudar a reduzir a intensidade e frequência das ondas de calor em mulheres na menopausa.

 ondas de calor na menopausa

Menopausa é um período de transição, marcando a cessação da ovulação no corpo de uma mulher. Este tempo de mudança pode durar alguns meses a vários anos. Os sintomas variam de leve a grave e vão surgindo conforme a diminuição da quantidade de estrogênio. Os sintomas incluem ondas de calor, suores noturnos, insônia, fadiga, alterações de humor, perda de memória, secura vaginal, dores de cabeça, dor nas articulações e ganho de peso.

As ondas de calor na menopausa consistem em uma sensação rápida de calor, e às vezes, vermelhidão no rosto associado a suores. A causa exata das ondas de calor ainda não é conhecida, mas pode estar relacionado à mudanças na circulação.

Conforme se aproximam da menopausa, cerca de 85 por cento das mulheres experimentam ondas de calor, e até 50 por cento delas continuam a tê-los por vários anos. Muitas mulheres procuram encontrar alívio para as ondas de calor, suor frio, e vermelhidão súbita da pele.

O tratamento mais eficaz para as ondas de calor é a reposição hormonal, ou seja, o uso de medicações contendo estrógeno ou progesterona. No entanto, o tratamento com reposição hormonal pode aumentar o risco de outras doenças, como derrames cerebrais, problemas cardiovasculares e até câncer.

Acupuntura ajuda a proporcionar alívio de ondas de calor

A acupuntura tem sido sugerida como uma maneira de ajudar a aliviar as ondas de calor, mas agora, um novo estudo realizado pela The American Menopause Society (NAMS) reforça a sua eficácia. Os pesquisadores avaliaram centenas de outros estudos relacionados com a menopausa, olhando onde a acupuntura teve um papel no auxílio no alívio de ondas de calor. Os estudos selecionados incluíram 869 mulheres com idades entre 40 a 60 anos durante a menopausa, e que foram submetidas a uma variedade de técnicas de Acupuntura, que variavam desde a Acupuntura Tradicional da Medicina Chinesa, Acupuntura Auricular, Eletroacupuntura, Laser Acupuntura e também acupressão.

Os autores concluíram que a Acupuntura impactava positivamente tanto a frequência quanto a gravidade das ondas de calor. Os pesquisadores descobriram que as mulheres que se submeteram à acupuntura experimentaram uma redução na gravidade e frequência das ondas de calor por até 3 meses.

Segundo o diretor executivo da NAMS, Dr. Margery Gass: “A análise sugere que a Acupuntura pode ser uma alternativa eficaz para reduzir as ondas de calor, especialmente para as mulheres que procuram terapias não-farmacológicas.”

Acredita-se que a Acupuntura possa ser útil no tratamento das onda de calor porque ela ajuda a reduzir endorfinas na parte do cérebro que afeta a termoregulação, ou seja, a parte do sistema nervoso central que está relacionada com o controle da temperatura em nosso corpo.

A Clínica Mayo dos EUA também recomenda a Acupuntura como uma terapia alternativa para gerenciar as ondas de calor.

Na verdade, de acordo com a Clínica Mayo, a Acupuntura, juntamente com práticas de relaxamento como ioga e hipnose, pode ser benéfico para as mulheres, assim como a manutenção de um peso saudável e o cuidado de se evitar alimentos picantes.

Aprenda mais sobre alguns dos efeitos gerais da Acupuntura e como ela pode te ajudar.

Aprenda mais sobre a Acupuntura. Veja perguntas frequentes (FAQ) que recebemos.

Outros estudos

Pesquisadores na Turquia conduziram um ensaio clínico com 53 mulheres pós-menopáusicas. Metade delas recebeu tratamento de acupuntura tradicional. O resto foi tratado com agulhas de acupuntura “sham” que não penetravam na pele.

Uma escala de cinco pontos foi usada para medir a severidade de ondas de calor, secura vaginal, sintomas urinários, mudanças de humor e outros sintomas nas mulheres pós-menopausa.

Vinte e sete mulheres receberam acupuntura tradicional chinesa duas vezes por semana durante 10 sessões. Aqueles no grupo de controle foram tratados com agulhas Sham nos mesmos pontos de acupunturaOs níveis de estrogênio e outros hormônios foram medidos antes do estudo e após a primeira e última sessões de acupuntura em todos os pacientes.

As mulheres que receberam acupuntura tradicional tinham pontuação na escala de sintomas da menopausa significativamente menor após 10 semanas, em comparação com aqueles no grupo de tratamento sham.

Os pesquisadores também descobriram que a severidade das ondas de calor e sintomas psicológicos diminuíram significativamente no grupo de acupuntura tradicional, depois de 10 semanas em comparação com o grupo de acupuntura sham.


A
gravidade dos sintomas urogenitais tais como secura vaginal e sintomas urinários não foi significativamente diferente no grupo de acupuntura tradicional do que no grupo de acupuntura sham após 10 semanas.
Quantidades de estrogênio foram significativamente mais elevadas, enquanto os níveis de hormônio luteinizante foram significativamente menores no grupo que recebeu acupuntura tradicional em comparação ao grupo de acupuntura sham após 10 semanas.

Os
pesquisadores dizem que a redução da gravidade das ondas de calor pode ter ocorrido porque a acupuntura aumenta a produção de endorfinas, que pode estabilizar o sistema de controle de temperatura do corpo.

Os
resultados parecem promissores, sugerindo que a acupuntura tradicional chinesa pode ser uma alternativa para as mulheres que são incapazes ou não usar terapia de reposição hormonal na busca do alívio dos sintomas da menopausa. 

O estudo foi publicado na revista científica Acupuncture in Medicine.

5 benefícios da Acupuntura para sua saúde.

Como a Acupuntura funciona?

Como a Acupuntura ajuda na menopausa e ondas de calor?

A acupuntura pode ajudar a diminuir os sintomas da menopausa por:

Regular o estradiol sérico, hormônio folículo estimulante (FSH) e o hormônio luteotrópico (LH) (Xia 2008).

Aumentar o relaxamento e reduzir tensão (Samuels 2008). A acupuntura pode modular a neuroquímica cerebral, reduzindo os níveis de serotonina (Zhou 2008) e aumentar endorfinas (Han 2004), além de aumentar os níveis séricos de neuropeptídeos Y (Lee 2009), o que pode ajudar a combater estados afetivos negativos.

Estimular nervos periféricos localizados nos músculos e outros tecidos, o que aumenta a liberação de endorfinas e outros fatores neurohumorais, e modificam o processamento da dor no cérebro e medula espinal (Pomeranz 1987, Zijlstra 2003, Cheng 2009).

Uma breve história da Acupuntura.

Conclusão

As mulheres que procuram a acupuntura para o alívio dos sintomas associados com a menopausa podem sofrer de uma variedade de sintomas que podem apresentar uma configuração que é exclusiva para elas. Um dos pontos fortes da acupuntura é a individualização do tratamento, oferecendo um tratamento focado e personalizado para os seus sintomas.

Os resultados dos estudos tendem a indicar que  benefício no uso da acupuntura no alívio dos sintomas da menopausa, particularmente as ondas de calor e ansiedade.

Principais indicações da Acupuntura


Referências:

Clínica Mayo

Freeman EW, Sherif K. Prevalence of hot flushes and night sweats around the world: a systematic review. Climacteric 2007; 10: 197-214.

Sunay, Didem, et al. “The effect of acupuncture on postmenopausal symptoms and reproductive hormones: a sham controlled clinical trial.”Acupuncture in Medicine 29.1 (2011): 27-31.

Atualizado em 04/06/2016.

Deixe o seu comentário

Send this to a friend