CENTRO DE TRATAMENTO DE DOR: Dor, Acupuntura Médica, Ondas de Choque, Fisiatria e Fisioterapia.

Controlar o estresse para reduzir dor no pescoço e nas costas

As demandas da vida cotidiana criam estresse, e apesar de algum nível de estresse não ser ruim, se frequente ou em alta intensidade, ele pode provocar problemas de saúde, dentre eles, dor no pescoço e nas costas

Neste artigo, você irá entender melhor esta relação, e claro, descobrir como controlar o estresse para prevenir ou até mesmo aliviar essas dores. Vamos lá?

Você sabe o que é o estresse?

Vamos começar com uma definição importante. Antes de entendermos de que maneira o estresse pode causar dor no pescoço e nas costas, precisamos entender melhor o que é o estresse e como ele age em nosso corpo. 

Muitas pessoas fazem confusão entre o estresse e algumas emoções, resumindo esse estado a uma sensação de “estar bravo”, ou “estar nervoso”. Porém, devemos começar apontando que o estresse não é uma emoção, mas uma adaptação do corpo, que pode ser positiva, quando um desafio o estimula, ou negativa, como acontece diante de uma ameaça. 

Tudo acontece graças a liberação dos hormônios do estresse. O principal deles é a adrenalina, que ajuda na motivação, deixando o corpo mais ativo. Por outro lado, se em grande quantidade, tal substância pode produzir efeitos negativos. 

Além da adrenalina, devemos citar também o cortisol, liberado quando o corpo está prestes a enfrentar uma situação de perigo. Também, se produzido intensamente, pode acarretar danos ao corpo, neste caso, em especial ao sistema imunológico. 

Em ambos os casos, o que nos interessa aqui, quando falamos sobre como controlar o estresse para reduzir dor no pescoço e nas costas, são as alterações relacionadas ao sistema muscular.

Quando o corpo se encontra em estado de estresse, a atividade cerebral e cardíaca aumenta, a respiração fica mais rápida, as artérias são contraídas e a tensão muscular elevada. 

Estamos falando de um processo fisiológico, ou seja, não há com que se preocupar. A situação muda quando esse estado é mantido por muito tempo. 

Se a situação estressante se mantém, o corpo passa a não ter recursos suficientes para lidar com o estresse, e os sintomas disso começam a aparecer.

Os músculos recebem mais sangue e oxigênio, se contraem para melhorar a sua performance, levando a uma tensão constante. Essa tensão é a responsável pela dor no pescoço e nas costas, que geralmente vem acompanhada de um cansaço exagerado.

Estresse e dor no pescoço nas costas

Controlar o stress para reduzir dor no pescoço e nas costas

Pressões financeiras, longas semanas de trabalho, e problemas médicos são típicos exemplos de produtores do estresse e ansiedade comuns do dia a dia. 

Como vimos, se o estresse se tornar crônico, acaba resultando em musculatura tensa e às vezes dolorosa nas costas ou pescoço. 

Mas, porque o estresse afeta especificamente a região cervical e lombar? 

Temos mais de uma teoria a respeito deste assunto. Uma das mais conhecidas é a de que os hormônios liberados pelo corpo, cortisol e adrenalina, por causarem tensão muscular, são os responsáveis pelas dores. Os músculos podem ficar tão comprimidos, involuntariamente, a ponto de sofrerem com fortes espasmos.

Se o indivíduo é sedentário a situação é ainda mais preocupante, já que a baixa quantidade de massa muscular transforma tensão em tensão. 

Além das substâncias citadas, outros compostos também são lançados na corrente sanguínea, e alguns deles podem aumentar a percepção da dor. Assim, mesmo uma lesão antiga na coluna, muitas vezes estável, pode voltar a incomodar. 

O paciente acaba entrando em um ciclo, já que a dor produz estresse, e o estresse acentua a dor. 

Dicas para administração do estresse

Design sem nome 88

É impossível viver uma vida sem estresse, e isso não é problema. O objetivo deste artigo é te explicar como controlar o estresse para reduzir dor no pescoço e nas costas, ou seja, você não precisa se desesperar, ou se frustrar por não conseguir manter-se calmo todo tempo. 

Como vimos, o estresse é fisiológico, e tem suas características positivas. Ele se torna preocupante e danoso quando além dos limites ou da frequência saudável. Preparamos algumas dicas que te ajudarão a controlá-lo e a administrá-lo. 

1 – Cheque sua saúde

  • Faça check-ups médicos com frequência.
  • Converse com seu médico sobre stress. Algumas vezes, efeitos colaterais de medicamentos (comprados sem receita), produtos homeopáticos ou outros suplementos podem causar inquietação, insônia, ansiedade e sensações de estresse.
  • Se a dor no pescoço ou nas costas for severa, seu médico pode sugerir fisioterapia. Fisioterapia combina alívio de dor a um tratamento não-invasivo com exercícios terapêuticos, correção de postura e mecânicas corporais preventivas.
  • Considere fazer terapia de conversa com um conselheiro de estresse, psicólogo ou grupo de apoio.

2 – Mexa-se!

  • Algumas posições de yoga e movimentos de relaxamento ajudam a reduzir o estresse e alongar os músculos. Viniyoga é uma técnica que utiliza respiração e movimentação juntos para manter uma tranquilidade de corpo e mente. Diferente das outras formas de yoga, os movimentos de viniyoga são menos precisos e adaptados para as condições físicas específicas de cada pessoa. Fale com seu médico sobre tentar yoga ou outras formas de alongamento para diminuir o estresse e a dor nas costas.
  • A combinação de natação com sauna ou banhos de vapor pode ajudar a aliviar a dor causada por estresse.
  • Faça caminhadas para aumentar a circulação do sangue e reduzir o estresse.

3 – Aprenda a relaxar

  • Faça pausas de 5 minutos colocando os pés para cima.
  • Compressas de água quente e gelada podem ajudar a aliviar a dor nas costas ou pescoço relacionadas ao estresse. Enrole, individualmente, uma compressa de água quente e outra de água fria em toalhas. Aplique a compressa de água fria por 10 minutos e então a de água quente por 5 minutos. Alterne várias vezes.
  • Massagem e aromaterapia são tratamentos de SPA para aliviar o estresse que você pode fazer em casa. Peça a um amigo ou parceiro para massagear seu pescoço dolorido e suas costas gentilmente. Óleos de massagem aromática contendo eucalipto podem ajudar a diminuir a dor muscular.
  • Tente meditação ou visualização guiada para diminuir o estresse. Algumas práticas de meditação focam na respiração e acalmam uma mente atarefada. Técnicas de visualização guiada algumas vezes combinam imagens com exercícios de respiração para reduzir o estresse.

4 – Controle as pequenas coisas da vida

  • Divida os problemas em tarefas menores, mais fáceis de resolver e foque em resolver esses aspectos primeiro ao invés de querer resolver o problema todo de uma vez.
  • Aprenda seus limites e diga “não” para compromissos onerosos.
  • Se precisar de ajuda, procure um profissional. 

5 – Mantenha uma alimentação saudável

  • Faça as refeições serem menos estressantes. Escolha alimentos saudáveis, coma devagar e saboreie cada mordida. Esteja ciente de quanto você come e bebe.
  • Café, refrigerantes de cola e outras bebidas deixam o corpo e a mente mais agitados, e podem dificultar o relaxamento. 

6 – Aprenda a meditar

  • A meditação é um exercício de auto-observação e pode te ajudar a lidar melhor com as situações estressantes do dia a dia.
  • Você pode tentar começar com meditações guiadas, a ajuda do especialista facilita a concentração e te ajudará a esvaziar a mente e a focar nas sensações do seu próprio corpo. 
  • Ler sobre a prática do Mindfulness, ou Atenção Plena, também pode ajudar você que sente que precisa ser mais consciente das situações, o que também é um ótimo recurso para administrar melhor o estresse.

7 –  Tenha um hobby

  • Faça algo além do trabalho, tire tempo para se divertir e relaxar. 
  • Dedique um tempo exclusivamente para fazer algo que você goste muito, seja pintar, cuidar de plantas ou praticar um esporte. 
  • Manter a mente focada em algo que te dá prazer irá trazer estímulos positivos para você, o que contribui para o alívio dos sintomas do estresse. 

8 – Durma bem

  • Dormir bem é essencial para que o seu corpo e mente se recuperem do degaste diário. Por isso, não abra mão de uma boa noite de sono. 
  • Se você tem dificuldades para dormir, procure praticar a higiene do sono. 
  • Se necessário, procure ajuda profissional. 
Lembre-se: É possível controlar o estresse para reduzir dor no pescoço e nas costas.

Você pode não conseguir controlar todos os fatores estressantes na sua vida, mas não deixe as demandas da sua vida cotidiana interferirem na sua saúde. Incorpore no seu cotidiano exercícios, técnicas de relaxamento e alimentação saudável para domar o estresse e prevenir dores no pescoço ou nas costas.

2 Comentários

Deixe o seu comentário.
  • Só agradecer pork stou sofrendo já a tempo, tomando remédio errados e hoje stou aqui convosco Deus abençoe e largue vosso terretorio.

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Send this to a friend