AVISO: Atendimento de segunda a sábado. Agendamentos: (11) 3284-2513 ou WhatsApp

Dicas de Saúde: Como evitar bolhas nos pés.

Como evitar bolhas nos pés.

Quer evitar bolhas nos pés? Então saiba como elas se formam. Conheça as causas. É melhor furar ou esperar? Saiba o que fazer, como cuidar e como evitar.

bolhas nos pes

Tem muita coisa desagradável e dolorida por aí, mas poucas se comparam ao desconforto causado pelas bolhas nos pés. Quando surgem é motivo de dor e incômodo.  Você sabe o que provoca estas bolhas?

Bolhas nos pés – De onde vêm?

bolhas-e-calos

As bolhas nos pés são velhas conhecidas dos atletas, dos peregrinos e daqueles que se aventuram por aí a caminhar longas distâncias.  Na verdade, elas ocorrem como um tipo de reação de nossa pele.

Na maioria das vezes o problema é causado pelo atrito com o sapato, com a meia ou até mesmo com o chão. Mas existem outros fatores causadores de bolhas nos pés. Continue lendo, pois falaremos destas outras causas mais abaixo.


infografico bolhas nos pes


Bolha nos pés pelo atrito.

cuidar dos pes

Devido ao atrito por tempo prolongado, a epiderme (parte mais externa da pele) se solta da derme, formando um vão, um espaço que se enche de um líquido, vindo dos vasos sanguíneos da derme. E assim surge a tão falada “bolha”.

Acabar com ela, não é muito fácil. Portanto é bom evitar. Mas, se ela já tiver aparecido em seu pé, o ideal é fazer um curativo para protegê-la e não mexer muito. Estourar a danadinha? Cuidado! A menos que seja com muita cautela. Te explico mais a frente como proceder.

O tratamento ideal é interromper a caminhada, o treino ou corrida.  Evitar os sapatos fechados para que o machucado não fique apertado, sem oxigênio e passe a infeccionar. E daí esperar a cicatrização.

Com o tempo a bolha estoura, a pele se regenera e a casca cai naturalmente, sem sua ajuda. O problema é ter que andar de chinelos e ter que esperar acontecer tudo isto.

Mesmo que você esteja disposto a esperar que seu corpo resolva naturalmente o problema, alguns cuidados são necessários.

Bolhas nos pés – Cuidados enquanto espera…

tratar bolhas nos pes

1- Lave bem o local afetado usando água e sabão, fazendo espuma sem esfregar com força. Não use panos ou buchas. A região estando sempre limpa evita inflamar.

2- O melhor a fazer é ficar de repouso, pelo menos até a bolha estourar.

3- Use óleo ou vaselina e cubra. Isto diminui a dor e reduz o atrito caso tenha que calçar sapatos.

4- Não retire a pele da bolha. Mesmo que venha a furar e saia toda a água. A pele é uma proteção natural.

5- Use um curativo de gaze com um pouco de vaselina líquida. Ou aplique um curativo especial para bolhas. É um tipo de curativo à base de hidrocolóides, feito especificamente para este fim. Troque diariamente.

Bolhas nos pés – Não posso esperar!

furar bolhas nos pes

Para curar-se sozinha uma bolha leva em média 4 dias. Não é todo mundo que tem este tempo. Quando se trata de desportista, por exemplo, fica difícil permanecer este período de repouso, sem treinar.

Neste caso, esvazie a bolha. Mas, atenção! Este procedimento não pode ser feito em pessoas diabéticas ou com varizes. Além disso, é preciso estar consciente de que este ato aumenta o risco de infecção.

Veja como proceder:

1- Para furar a bolha utilize uma agulha esterilizada. Dê preferência às agulhas descartáveis. Àquelas que são compradas na farmácia.

2- Depois de furar deixe o líquido escorrer sem forçar a pele, empurrar ou espremer.

3- Preserve a pele da bolha. Não a remova. Ela protege o ferimento dando suporte à nova pele que se formará.

4- Faça um curativo com gaze e esparadrapo, use um band-aid ou compre um curativo próprio para bolhas na farmácia. Troque todos os dias.

5- Evite sapatos que apertem ou atritem o machucado.

Como evitar bolhas nos pés

prevencao bolhas nos pes

Tratar de bolhas nos pés, realmente dá trabalho. Isso sem falar na dor e no incômodo de não poder caminhar, correr ou calçar sapatos. É terrível e chato. Por isto, o ideal é não deixar que elas apareçam.

Vamos descobrir como evitar o aparecimento das tão temíveis bolhas nos pés?

  • Use sempre calçados perfeitamente adequados ao tamanho de seus pés. O sapato ou tênis não devem estar nem apertados nem largos. Não caia naquele papo de vendedor: – “Leva este porque cede”. Nem sempre. Muitas vezes você fica sofrendo com aquele calçado esperando afrouxar e a única coisa que ganha com isso é uma tremenda bolha.
  • Se o tênis for para caminhar, para correr ou treinar, evite os que possuem muitos alinhavos e costuras internas.
  • As meias devem estar bem justas. Pule fora das que ficam escorregando. Não use meias úmidas. Quer saber quais são as melhores? – São aquelas chamadas de “segunda pele”.
  • Mantenha os pés sempre secos. O próprio suor de seu corpo é responsável por aumentar o risco de surgirem bolhas. A umidade é aliada número um delas. “Elas conversam e se adoram”. Portanto, use pós antissépticos ou talcos feitos especialmente para os pés.
  • Durante uma corrida ou exercícios físicos, ao se refrescar, nunca deixe molhar os pés. Imagine só! Você suado da atividade e com os pés molhados dentro do tênis. O atrito é certo e a bolha também.
  • Se for caminhar ou correr ou treinar, proteja os calcanhares e laterais dos dedos. São as partes mais sensíveis ao aparecimento de bolhas. Você pode usar esparadrapo comum, mas saiba que existem produtos específicos para isto. Estão à venda em qualquer farmácia.
  • Outra boa opção para impedir o surgimento de bolhas é aplicar vaselina nos locais onde os calçados atritam os pés.
  • A forma como você pisa também pode ser um fator de risco para aparecimento do problema. Procure um médico e verifique sua pisada. Ele verá se há necessidade de usar por exemplo, uma planilha ortopédica.

Fique atento. Caso a região em torno da bolha apresente inchaço, vermelhidão pus ou sangue, consulte um médico. Estes sinais são sintomas de agravamento e infecção. E talvez você necessite tomar antibióticos. Neste caso só um profissional da saúde pode receitar o medicamento certo.

Outros fatores e doenças causadores de Bolhas nos pés.

evitar bolhas nos pes

Não é somente o atrito que é o responsável.  Existem outros fatores que desencadeiam este problema. Descubra aqui os outros “culpados” das bolhas nos pés.

– As queimaduras tanto por excesso de frio quanto por calor.

– As micoses que são um tipo de infecção por fungos.

– Disidrose – doenças que se manifesta com o surgimento de bolhas nos pés, nas mãos e muita coceira.

– Joanetes ou formato dos pés -Tem pessoas que tem joanetes ou pés com formato que provocam maior atrito entre a pele e os calçados. Isto as torna mais propensas ao aparecimento de bolhas nos pés.

Bolhas nos pés podem ser evitadas. Você viu que existem muitas maneiras de fazê-lo. Você conhece algum outro jeito? Compartilhe conosco.

Deixe o seu comentário