CENTRO DE TRATAMENTO DE DOR: Dor, Acupuntura Médica, Ondas de Choque, Fisiatria e Fisioterapia.

Fibromialgia em Homens

A fibromialgia é uma síndrome que se manifesta principalmente pela presença de dor crônica generalizada no corpo por mais de 3 meses. 

As dores apresentadas são facilmente confundidas com dores musculares e por isso o diagnóstico pode não ser preciso. 

A doença atinge cerca de 2,5% da população mundial, sendo mais comum em mulheres e em pessoas com mais de 50 anos. 

Por ser mais comum em mulheres, muitas vezes homens não chegam a um diagnóstico preciso da doença não conseguindo um tratamento efetivo para retomar a qualidade de vida

Neste artigo vamos falar sobre as causas, sintomas e tratamentos de fibromialgia em homens.

Além da dor crônica generalizada, os pacientes com fibromialgia podem apresentar diversos outros sintomas. 

O quadro clínico pode variar de acordo com o gênero sendo mais comum a presença de alguns sintomas no sexo masculino.

Sintomas de fibromialgia comuns em homens e mulheres

  • Fadiga
  • Enxaqueca
  • Depressão e ansiedade
  • Alterações intestinais
  • Dor ao fazer xixi
  • Formigamentos
  • Rigidez muscular e articular
  • Sensibilidade extrema ao toque
  • Falhas de memória
  • Distúrbios cognitivos

Sintomas mais comuns em homens com fibromialgia 

  • cefaleia tensional 
  • distúrbio do sono: sono não reparador (acordar com a sensação de cansaço)
  • Palpitações 

Além desses sintomas que são mais frequentes no sexo masculino, os homens com fibromialgia tendem a manifestar maior duração dos sintomas e maior incapacidade gerada pelas crises.

Diagnóstico de Fibromialgia 

A fibromialgia não apresenta alterações em exames de imagem ou laboratório, portanto seu diagnóstico é feito através de uma avaliação clínica que levará em consideração os sintomas do paciente. 

Os sintomas da Fibromialgia variam muito de paciente para paciente, por isso é frequente que o portador da doença passe por vários médicos até conseguir um diagnóstico preciso.

Subdiagnóstico em homens com fibromialgia

fibromialgia em homens

É comum a fibromialgia ser considerada apenas em pacientes do sexo feminino, isso acontece porque as mulheres representam a maior porcentagem de portadores da síndrome e estão mais suscetíveis a manifestarem os sintomas. 

Porém, a fibromialgia ocorre também em pessoas do sexo masculino e devido ao baixo número de homens com fibromialgia muitas vezes os médicos deixam de considerar a doença na hora do diagnóstico. 

Esse fato faz com que os números oficiais de homens com fibromialgia sejam ainda mais baixos, uma vez que há diversos pacientes com subdiagnóstico que são tratados com intervenções para outras doenças.

Para um diagnóstico efetivo, o médico deverá realizar um acompanhamento do histórico do paciente avaliando todos os sintomas e até mesmo casos de fibromialgia na família. 

Por ser um diagnóstico clínico, o médico responsável deverá eliminar outras possibilidades de doenças antes do diagnóstico final de fibromialgia. 

Outro fato que faz com que diversos homens com fibromialgia deixem de ser diagnosticados, é que os homens procuram menos por tratamento médico que as mulheres.

Pesquisas revelam que no Brasil quase 40% dos homens até 39 anos e 20% daqueles com mais de 40 só vão ao médico quando se sentem mal,  optando muitas vezes por automedicação ou não insistindo em um diagnóstico quando procuram tratamento médico que não é efetivo para alívio dos sintomas. 

Por isso é importante a conscientização de que homens também podem ser portadores de fibromialgia, e se a hipótese foi excluída baseada apenas no fato do paciente ser do sexo masculino, o ideal é buscar a opinião de outros médicos para um diagnóstico mais seguro.

Tratamento fibromialgia em homens 

O tratamento de fibromialgia deve ser encarado como multidisciplinar, por ser uma doença crônica e não possuir cura, os sintomas devem ser tratados para devolver ao paciente a qualidade de vida. 

As intervenções serão feitas baseadas no estilo de vida do paciente e nos sintomas que ele apresenta. 

Tratamento Médico e Farmacológico 

O primeiro profissional que vai atuar no tratamento é o médico especialista em dor que deve identificar os sintomas e realizar o diagnóstico. 

Após a conclusão do diagnóstico, o médico irá prescrever os medicamentos para o tratamento dos sintomas. 

O principais medicamentos utilizados são: 

  • Analgésicos 
  • Antidepressivos e anticonvulsivantes
  • Relaxante muscular 
  • Indutores de sono

Tratamento complementar e não farmacológico 

Após a intervenção clínica e farmacologia, é importante o paciente ser acompanhado por profissionais para complementar o tratamento. 

A equipe multidisciplinar do tratamento de fibromialgia envolve psicólogo, fisioterapeuta, educador físico, terapeuta ocupacional, e outros profissionais  que vão auxiliar no fortalecimento muscular, melhoramento postural e também na saúde mental.

Atividade física e alimentação 

Na fase não farmacológica do tratamento de fibromialgia é importante o paciente realizar atividades físicas regularmente e manter uma alimentação saudável e balanceada. 

O ideal é realizar caminhadas curtas de 30 minutos todos os dias ou exercícios como natação ou hidroginástica que são atividades de baixo impacto o que pode reduzir o desconforto na hora do exercício. 

Na alimentação é importante evitar alimentos inflamatórios como, por exemplo, alimentos com alto teor de gorduras e açúcares.

O que comer
  • Amêndoas e outras nozes e sementes
  • Brócolis
  • Folhas verde escuras
  • Azeite
  • Quinoa, aveia e tofu
O que não consumir
  • Carnes processadas, embutidos
  • Refrigerantes e bebidas açucaradas
  • Alimentos ultraprocessados
  • Alimentos ricos em glúten
  • Excesso de alimentos lácteos
  • Alimentos ricos em açúcar

É importante buscar auxílio de um profissional para incluir em sua dieta alimentos ricos em nutrientes que são necessários para o organismo, de acordo com nutricionistas devem ser incluídos no prato principalmente alimentos ricos em: 

  • Triptofano
  • Magnésio
  • Cálcio
  • Vitamina E
  • Manganês

Yoga e Acupuntura no tratamento de Fibromialgia 

O yoga e a Acupuntura são tratamentos complementares que podem atuar diretamente nos sintomas tanto físicos quanto psicológicos dos pacientes, tornando o tratamento mais efetivo e melhorando a qualidade de vida dos homens que sofrem da Síndrome de Fibromialgia. 

Yoga 

Atua principalmente equilibrando os níveis de cortisol, reduzindo o estresse e promovendo o alongamento muscular e esquelético do paciente.

Acupuntura 

Atua reduzindo as dores e promovendo relaxamento muscular, reduz o estresse e controla os níveis de cortisol no organismo. É muito eficiente na redução da ansiedade e auxilia no controle do sono.

Para saber mais sobre a fibromialgia, leia também “Fibromialgia: causas, sintomas e tratamento”.

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Send this to a friend