AVISO: Informamos que devido ao COVID-19, estamos fechados temporariamente a princípio até o dia 07/04. Para maiores informações, favor entrar em contato via WhatsApp

Acupuntura age com sucesso contra Rinite Alérgica

Acupuntura pode reduzir os espirros, coriza e coceira de rinite, segundo estudo Australiano

A ACUPUNTURA, usada como um tratamento para a rinite alérgica, não é nada para ser desconsiderada. Um novo estudo mostra que a acupuntura pode reduzir espirros, coriza e coceira em pacientes que sofrem de rinite alérgica.

anatomia rinite alergica

Espirros, congestão nasal, secreção nasal mucosa e, alguns casos, olhos vermelhos e pruridos. Estes são os principais – e incômodos – sintomas da rinite alérgica, causada pela alergia (hiper-reatividade do sistema imunológico) a substâncias como os antígenos presentes nos pelos dos animais, poeira domiciliar, fungos e ácaros. Fumaça de cigarro, perfumes fortes, cheiro de gasolina e poluição também causam irritação nas vias respiratórias em portadores desta doença que em cerca de 20% dos casos está associada à asma.

Durante a crise, algumas pessoas apresentam também a perda do olfato e do paladar, mas uma das maiores complicações da rinite alérgica é que ela pode causar sinusite, já que o edema da mucosa do nariz pode obstruir a drenagem dos seios paranasais e facilitar o surgimento de infecções.

A doença se manifesta muitas vezes na infância, mas pode surgir na vida adulta. Os pais geralmente procuram um médico com a queixa de que sua criança é acometida por resfriados repetidos. Na fase aguda a rinite se apresenta com espirros, coriza aquosa e prurido acentuado no nariz, pálato, ouvidos e pescoço. Em alguns casos pode haver prurido ocular com edema de pálpebras e lacrimejamento.

Na Medicina Ocidental o tratamento da rinite alérgica envolve o uso de anti-histamínicos corticosteróides e substâncias vasocontrictoras de uso tópico nasal ou sistêmico. Este tratamento, em geral, só obtém êxito temporário e sintomático. E os medicamentos podem também provocar efeitos colaterais como sedação, tontura, cansaço, nervosimo, insônia e isquemia de mucosa, dificultando muitas vezes a adesão do paciente ao tratamento.

Já a Medicina Chinesa oferece um tratamento seguro e de resultados satisfatórios, que possibilita o afastamento gradual da medicação, até abolição do seu uso. O tratamento com acupuntura para rinite alérgica, sem efeitos colaterais, é bem aceito inclusive por crianças e começa com até três aplicações por semana, reduzindo-se a frequência de acordo com a melhoria do paciente. Evidentemente o paciente deve evitar, sempre que possível, contato com os agentes causadores da doença, citados no início deste texto, embora no fim do tratamento da acupuntura deve estar mais resistente aos agentes alérgicos.

rinite alergica tratamento por acupuntura para alivio

Em casos de sintomas mais exuberantes, a acupuntura pode estar ainda associada à fitoterapia, obtendo-se uma resposta muito boa na grande maioria dos casos, muitas vezes com alívio dos sitomas imediato, principalmente em relação à obstrução nasal, facilitando assim a adesão ao tratamento.

Os resultados de um experimento australiano deste antigo tratamento chinês provaram que a acupuntura poderia ajudar a aliviar os sintomas da rinite alérgica em até quatro semanas.

Quase 15% dos australianos sofrem de rinite alérgica, com graves prejuízos a sua qualidade de vida.

A rinite alérgica não afeta somente o dia-a-dia das pessoas que sofrem desta condição, os espirros, coriza e congestão, podem também, afetar o sono e diminuir a sua produtividade no trabalho.

O tratamento medicamentoso padrão consiste no uso de medicamentos anti-histamínicos, e em medidas de evitar as crises alérgicas. A Acupuntura vem sendo usada recentemente como uma opção terapêutica para a rinite alérgica, para diminuir a inflamação e os sintomas, com melhora na qualidade de vida destes pacientes.

Pesquisadores das universidades RMIT e Monash conduziram um experimento para avaliar a eficácia e segurança em um tratamento de acupuntura de quatro semanas.

Os pacientes receberam 12 sessões de acupuntura (real ou simulada), no auge da temporada de rinite, todos os anos, durante um período de três anos.

Ao final das quatro semanas de tratamento por acupuntura, eles descobriram que os sintomas de espirro e coceira da rinite alérgica eram “significativamente menos severos” nos pacientes que receberam a acupuntura real.

Os pesquisadores também encontraram efeitos positivos com relação a coriza e coceira no nariz, mas não, com relação a congestão nasal.

Pacientes que receberam o tratamento por acupuntura reportaram um aumento na qualidade de vida. Os efeitos positivos parecem durar até quatro semanas após término do tratamento de acupuntura.

Os 175 pacientes receberam permissão de tomar um anti-histamínico de curta duração, durante o experimento para aliviar seus sintomas, mas a acupuntura não surtiu um impacto significante no medicamento.

Um dos autores do artigo, Professor Frank Hien, diretor da Unidade de Pesquisa Clínica da Medicina Respiratória e do Sono na Universidade de Monash, disse que, acredita-se que a acupuntura induza a uma resposta anti-inflamatória no corpo.

“A acupuntura é uma opção de uso dos pacientes e nós temos mostrado que é seguro e eficaz, ” ele disse.

O estudo, publicado na revista científica Annals of Allergy, Asthma and Immunology, sugere que os efeitos prolongados podem ser úteis se a acupuntura for usada algumas semanas antes do pico da temporada da rinite alérgica para prevenir sintomas insuportáveis.

Contudo, foi apontado que experimentos adicionais, incluindo um que utilize um controle de placebo e acesse a relação de custo-benefício do tratamento, deveriam ser conduzidos. A acupuntura surge como uma opção interessante e segura, com boa eficácia e sem riscos de efeitos adversos comuns a medicamentos utilizados no tratamento crônico de rinite alérgica.

infografico rinite alergica acupuntura

Outros estudos

Um segundo estudo conduzido pela RMIT, descobriu recentemente que a acupuntura foi eficaz na redução de enxaquecas. Estudos científicos publicados recentemente vêm demonstrando a eficácia da acupuntura no tratamento de patologias diversas, como osteoartrose de joelho, lombalgias, náuseas e vômitos e fibromialgia.

Acupuntura e Asma

O trabalho de doutorado do Dr. Hong Jin Pai, na Faculdade de Medicina da USP, encontrou resultados similares em relação à asma alérgica leve e moderada persistente. No trabalho, 74 pacientes com asma foram submetidos a um tratamento real ou placebo de acupuntura. Os pacientes tratados com a Acupuntura real tiverem diminuição de tosse, chiado no peito, falta de ar (dispnéia). Na avaliação de atividade inflamatória, os pacientes da acupuntura real também tiveram redução significativa de eosinófilos e neutrófilos, com aumento de macrófagos, mostrando a ação da acupuntura para diminuir a inflamação das células do pulmão destes pacientes.

Deixe o seu comentário

Send this to a friend