CENTRO DE TRATAMENTO DE DOR: Dor, Acupuntura Médica, Ondas de Choque, Fisiatria e Fisioterapia.

Dor no pescoço abaixo da orelha: O que pode ser?

O corpo nos dá sinais quando algo está errado, e a dor no pescoço abaixo da orelha é um deles. A sua causa deve ser investigada, e pode estar relacionada à problemas simples como contratura muscular, ou mesmo a situações mais graves como uma dissecção da artéria carótida. 

Leia também: Dor no pescoço: causas, tipos e quando se preocupar 

Ao longo deste artigo você irá conhecer um pouco mais sobre esse sintoma e suas principais causas. Em todo caso, é essencial, diante de qualquer alerta, procurar atendimento médico.

Dor no pescoço: Quando se Preocupar? #cervicalgia #pescoco
Watch this video on YouTube.

Caxumba

Geralmente a caxumba é a primeira suspeita quando surge dor no pescoço abaixo da orelha. Se trata de uma infecção viral altamente contagiosa que atinge as glândulas salivares. 

Além da dor, seus sintomas incluem inchaço próximo ao ouvido, febre baixa, dificuldades para mastigar e engolir, falta de apetite e cefaleia. 

O tratamento requer repouso, além do uso de medicamentos para alívio dos sintomas. Na maioria dos casos o próprio organismo é capaz de lidar com o problema e eliminar naturalmente o vírus. 

Porém, é importante ficar de olho nos sinais de piora da condição, que incluem alterações neurológicas como confusão mental e sonolência, e febre alta. Nesses casos, procure atendimento de emergência. 

Abscesso dentário

O abscesso dentário nada mais é do que a formação de uma coleção de pus em um dos dentes. O problema tem origem em infecções dentárias, relacionadas a dentes mal cuidados.

A dor pode estar associada a inchaço, aumento da temperatura local, vermelhidão e, em alguns casos, febre.

Se trata de uma infecção grave, que deve ser tratada. O tratamento pode envolver antibióticos, canal ou até mesmo a extração do dente afetado. 

Contratura muscular

A contratura muscular acontece quando o músculo realiza a contração de maneira incorreta, não voltando para o seu estado normal de relaxamento. Quando isso acontece na região do pescoço, chamamos de torcicolo

Geralmente o problema é uma resposta a sobrecarga, esforço excessivo ou mesmo a um movimento realizado de maneira brusca. 

Os sintomas do quadro podem incluir dor no pescoço abaixo da orelha, inchaço e dificuldades na movimentação. Diferencia-se de outros quadros por estarem ausentes febre, calor e vermelhidão. 

Compressas quentes e relaxantes musculares são suficientes para recuperação. 

Dor no pescoço abaixo da orelha

 

Tumor

Embora não costume causar dor, dependendo de sua localização, o tumor pode sim estar relacionado à desconfortos na região do pescoço. Estão associados ainda sintomas sistêmicos como perda de peso, perda de apetite e cansaço sem motivo aparente. 

Novamente, não são comuns febre e vermelhidão local. Inchaço e formação de um caroço são sinais que sugerem a presença de um tumor. 

Para mais esclarecimentos e um diagnóstico assertivo é necessário procurar ajuda médica. 

Infecção

Dor no pescoço abaixo da orelha combinada ao surgimento de caroços na região podem ser indicativos de infecções como faringite, resfriado, gripe, mononucleose, otite, conjuntivite, herpes, cáries, gengivite etc.

Tais infecções levam à inflamação de gânglios linfáticos, que aumentam o seu tamanho e podem acabar ficando doloridos. 

É essencial que seja identificada a condição responsável pelo quadro para que seja tratada. É importante não ficar mexendo no local do inchaço para facilitar a recuperação. 

Mastoidite

A mastoidite é a infecção que atinge o osso localizado atrás da orelha, que pode ter origem numa infecção primária do ouvido não tratada adequadamente 

É uma condição mais comum em crianças com menos de 2 anos, embora possa acontecer independente da idade.

A formação de uma protuberância, dor no pescoço abaixo da orelha, dor de cabeça, redução da capacidade de escutar e liberação de líquido pelo ouvido são os sintomas que caracterizam o problema.  

O seu tratamento geralmente se baseia no uso de antibióticos para combate da infecção. Casos mais graves podem requerer intervenção cirúrgica. 

Dissecção da artéria carótida

A dissecção da artéria carótica é um problema gravíssimo, e uma das principais causas de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico em pessoas jovens. 

O quadro é marcado pela lesão das camadas internas da artéria causando uma laceração e um desvio anormal do sangue. O acúmulo de sangue em uma “falsa artéria” pode levar ao fechamento do vaso ou a formação de coágulos sanguíneos no local. 

Seus sintomas incluem dor próximo à artéria (na lateral do pescoço), que pode irradiar-se para a metade da cabeça ou até mesmo dá origem a uma enxaqueca. 

É essencial procurar ajuda médica com urgência para observação, investigação detalhada e vigilância neurológica. O tratamento da condição inclui anticoagulantes e antiagregante, e em situações mais complexas (quando há obstruções graves da circulação e formação dos pseudoaneurismas) algum tipo de intervenção endovascular.

Câncer

Dependendo dos sintomas que acompanharem a dor, pode haver suspeita de câncer. Diversas das estruturas locais podem ser acometidas, músculos, linfonodos, pele ou órgãos.

O quadro geralmente está associado a nódulo no pescoço, rouquidão, dificuldade para engolir, sensação de bola na garganta, engasgamento frequente, perda de peso sem causa aparente e mal-estar geral.

Diante dos sinais exemplificados, deve-se procurar atendimento médico para uma investigação aprofundada do caso e orientação quanto ao melhor tratamento.

Dor no pescoço abaixo da orelha

Dor no pescoço abaixo da orelha: Quando ir ao médico?

Agora você já conhece as principais causas de dor no pescoço abaixo da orelha, e como vimos, algumas delas são simples e se resolvem com facilidade, porém, outras podem se tornar graves e devem ser tratadas com cautela. 

É necessário, portanto, ficar de olho nos sinais de gravidade: 

  • Dor acompanhada de vermelhidão;
  • Febre;
  • Caroço que aumenta de tamanho;
  • Caroço imóvel ao toque;
  • Lesão que produz pus ou outro líquido;
  • Dificuldade em mexer a cabeça ou o pescoço;
  • Dificuldade para engolir;
  • Sinais sistêmicos como alterações do apetite e mal-estar.

Procure um médico de sua confiança para uma avaliação física da sua condição e uma investigação da origem da dor. Mediante diagnóstico, o médico orientará também o tratamento que pode incluir o uso de medicações ou até mesmo cirurgia. 

Leia também: Dor no pescoço: causas, tipos e quando se preocupar

Clinica Hong Jin Pai Sao Paulo e1621991307344

RUA SAINT HILAIRE 96 – JARDIM PAULISTA – SÃO PAULO – SP

Clínica de Dor, Fisiatria e Acupuntura Médica

Clínica médica especializada localizada na região dos Jardins, próximo à Av. Paulista, em São Paulo — SP.

Centro de Dor, com médicos especialistas pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Tratamento por Ondas de Choque, Infiltrações, Bloqueios anestésicos e Acupuntura Médica

Dr. Marcus Yu Bin Pai

CRM-SP: 158074 / RQE: 65523 - 65524 | Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura. Área de Atuação em Dor pela AMB. Doutorado em Ciências pela USP. Pesquisador e Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do HC-FMUSP. Diretor de Marketing do Colégio Médico de Acupuntura do Estado de São Paulo (CMAeSP). Integrante da Câmara Técnica de Acupuntura do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP). Secretário do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Presidente do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira de Regeneração Tecidual (SBRET). Professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Dor da Universidade de São Paulo (USP). Membro do Conselho Revisor - Medicina Física e Reabilitação da Journal of the Brazilian Medical Association (AMB).  

1 Comente

Deixe o seu comentário.

Deixe o seu comentário

Artigos relacionados