AVISO: NOVO LOCAL DE ATENDIMENTO - Rua Saint Hilaire 96 (a 5 minutos da clínica antiga), de segunda a sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Como criar uma estratégia de tratamento para dor nas costas.

Você que sente dor nas costas frequentemente, já pensou em criar uma estratégia de tratamento para esta dor? Neste artigo você encontra o jeito certo de fazer isto.

Criar uma estratégia de tratamento para dor nas costas é possível? Você já pensou nesta possibilidade? Saiba que muita gente passa por este problema. E assim como você, estas pessoas gostariam de encontrar uma solução para suas lombalgias.

Mas, você já parou para pensar em quanta dor continuará sentindo se não tomar uma providência urgente?

Bom, é claro que você pode esperar, que de repente alguém descubra um remédio milagroso que faça cessar a dor no mesmo instante. Ou então, você pode aprender a criar uma boa estratégia para acabar de vez com esta dor e resolver seu problema.

Que tal, aprender a criar estratégia de tratamento para dor nas costas, e encontrar uma solução, ao invés de ficar esperando?

-Vamos lá? Então, chega mais, pois temos muito para pensar.

Saiba que você tem um problema que pode ser resolvido, porém nada muda se não arregaçar as mangas para agir, portanto, chega de dor.

Primeiros passos para criar uma estratégia de tratamento

mitos e verdades das lombalgias

Criar uma estratégia para tratar a dor nas costas, pode parecer complexo, mas nem tanto. A dor nas costas, também chamada de lombalgia, é um incômodo que afeta milhares de pessoas por este mundo a fora.

Por este motivo é que existem múltiplas formas, já desenvolvidas para saná-la. Mas, nem todas são recomendadas para todos os casos. Por isto, pode ser traçado um plano estratégico, que seja ideal para você.

Para isto, alguns passos são fundamentais. Em primeiro lugar é preciso descobrir qual a causa da dor. Para isto, um médico especialista é ideal para descobrir o tipo de disfunção que te afeta.

Entre os profissionais capacitados a dar um diagnóstico correto, sobre seu problema estão o ortopedista, fisiatra, reumatologista, neurologista ou neurocirurgião. É com a ajuda de um destes especialistas que você poderá chegar a uma conclusão, e a partir daí buscar alternativas para o tratamento.

Uma das primeiras conclusões a que se chegará, depois da consulta médica e após investigação clínica, é sobre a intensidade da questão. Ou seja, a análise médica pode demonstrar se o problema é agudo ou crônico.

Mitos e verdades sobre as Lombalgias

No caso de dor aguda

A dor aguda é aquela que surge de repente. Pode ser causada por alguma distensão muscular ou mau jeito. Pode surgir devido à algum nervo que esteja comprimido ou como consequência de distúrbios como a artrite.

Costuma melhorar depois de algum tempo. O problema e que tende a reaparecer com fúria, de tempos em tempos. Por isto as primeiras crises de dor aguda nas costas merecem atenção.

Para cuidar da dor aguda o ideal é um cuidado mais localizado, como por exemplo aplicar compressas frias ou quentes. O uso de analgésicos e anti-inflamatórios, costuma também ser recomendado.

No caso de dor crônica

Esta é a dor nas costas que não melhora, mesmo depois de meses. É difícil descobrir o que a acarreta. É uma dor progressiva, quer dizer, que vai aumentando gradativamente. O tratamento engloba medicação farmacológica através de analgésicos, atividades físicas e tratamentos alternativos, como por exemplo, a acupuntura.

Aprenda mais sobre a dor crônica e seus tratamentos.

Como criar uma estratégia de tratamento.

dicas de saude ma postura coluna

Só depois de descobrir se sua dor nas costas é aguda ou crônica, é que você terá condições de pensar maneiras de como cuidar-se. Neste caso, você junto com seu médico decidirá o que fazer, conforme a causa da lombalgia. Porém, o importante é que tudo seja desenvolvido dentro de um plano de tratamento, do qual você participará ativamente das decisões.

Nisto consiste a estratégia de tratamento da lombalgia. Depois de realizado o diagnóstico e após serem coletados todos os dados clínicos. Reconhecendo as alternativas de tratamento possíveis, você e seu médico juntarão todas as informações para traçar o melhor caminho.

Portanto, o ideal, na criação de um método ou estratégia para combater a dor, é lançar mão destas respostas já adquiridas. Pouco a pouco, vocês vão respondendo às prováveis questões que vão surgindo no decorrer da análise clínica diagnóstica. Desta forma, você pode escolher o tratamento que melhor te convier.

Os tipos de dores nas costas.

Nosso tronco é dividido em 3 segmentos. Acima de nossos quadris fica a parte chamada lombar. Dorsal é a parte central das costas e cervical é o segmento que fica entre a cabeça e o tronco.

Todos eles podem estar sujeitos a algum tipo de problema que cause dor. Este estado doloroso pode ocorrer devido a mais de 50 causas diferentes.

Observe alguns problemas que podem desencadear a dor nas costas:

  • Maus hábitos

  • Estilo de vida

  • Dificuldades ortopédicas

  • Problemas renais

  • Doenças do pulmão

  • Doenças cardíacas

  • Infecções

  • Estresse

Por isto é importante um diagnóstico que identifique a raiz da questão e revele de onde vem a dor.

Aprenda mais sobre as Lombalgias

Os tipos de Tratamento

Como você já sabe são inúmeras as formas de tratamento. Dependendo principalmente do motivo da dor.Além da medicação com remédios, existem muitas outras opções de tratamento:

  • Fisioterapia comum

  • Eletroterapia,

  • Hidroterapia

  • Termoterapia

  • Atividades de alongamento e fortalecimento dos músculos

  • RPG –Reeducação Postural Global

  • Pilates

  • Exercícios físicos que envolvem atividades aeróbicas, como caminhada.

  • Acupuntura – Muito importante para alívio da dor e por seus efeitos relaxantes.

  • Cirurgia – somente aconselhável em casos muito especiais e após esgotarem-se outras alternativas.

As intervenções cirúrgicas são geralmente aconselhadas, somente em casos extremos como estreitamento do canal vertebral, escolioses graves, hérnia de disco, instabilidade vertebral. Estima-se que a alternativa cirúrgica aconteça dentro de um percentual que fica entre 2% a 5% dos casos.

Criando uma boa estratégia de tratamento

Agora que você já está por dentro dos pontos principais que envolvem seu problema, já pode criar sua estratégia de tratamento para dor nas costas. Naturalmente baseando-se no diagnóstico médico e na orientação de profissionais competentes.

Experimente, preencher as lacunas de uma tabela, como sugerido abaixo e obter o que seja favorável para resolver seu caso.

Para uma boa estratégia de tratamento de dor nas costas é necessário um plano de cuidados. Você pode lançar mão de uma tabela que favorecerá o mapeamento de seu problema, facilitando assim a resolução deste.

Objetivos

Estratégias/Atitudes

Descobrir a causa da dor

Buscar profissional da saúde para análise do problema e diagnóstico.

Conhecer a intensidade do problema

Observar se a dor é aguda ou crônica.

Definir formas de Tratamento

-Acatar opinião do médico.

-Participar ativamente de todas as fases do tratamento, ajudando a definir o que é melhor para você.

– Levar em consideração seu estilo de vida.

– Preparar-se emocionalmente para mudar hábitos.

– Estar disposto a adequar seu estilo de vida para favorecer e agilizar o tratamento.

– Seguir orientação médica sobre medicação farmacológica necessária.

-Definir junto com profissionais qualificados quais as melhores terapias para seu caso.

Escolher a melhor terapia e efetivar tratamento

Neste caso a estratégia é analisar todos os pontos principais de seu problema, levando em consideração seu estilo de vida, suas necessidades, seu emocional e principalmente a disfunção que te leva a sofrer com a dor nas costas.

Criar estratégias para tratamento de dor nas costas não é tão difícil como muitos pensam. Agora, você tem em suas mãos boas dicas de como fazer.Que tal começar e contar para nós como foi?


Principais indicações da Acupuntura

Deixe o seu comentário

Send this to a friend