CENTRO DE TRATAMENTO DE DOR: Dor, Acupuntura Médica, Ondas de Choque, Fisiatria e Fisioterapia.

Aprenda mais sobre o Pilates e seus benefícios

Recentemente o pilates tem sido uma das modalidades de atividade física mais procurada, mais indicada e mais praticada para diversos objetivos. Indicada para pessoas de qualquer idade e de ambos os sexos, oferece inúmeros benefícios, desde força, flexibilidade à melhora da respiração e da postura.

Hoje em dia, muitas clínicas e academias oferecem aulas de pilates, mas é preciso que disponibilizem os equipamentos adequados para a prática dos exercícios, além disso, é imprescindível o acompanhamento profissional.

Além de tudo, o pilates tem sido uma das atividades mais recomendadas pelos médicos, uma vez que a modalidade seja adequada para pessoas idosas, grávidas, pessoas que possuem distúrbios na coluna ou mesmo pacientes pós-cirúrgicos.

Continue a leitura para saber mais sobre esta modalidade, como surgiu, do que se trata, quem pode praticá-la, como funciona e quais os benefícios do pilates.

 

História do Pilates

APRENDA MAIS PILATES

O alemão Joseph Hubertus Pilates foi um menino frágil, raquítico que sofria de problemas respiratórios, a saber: asma e bronquite. Nascido no ano de 1880 na Alemanha, cresceu convivendo com estes problemas de saúde e se interessava muito pelos livros, se tornou um adolescente autodidata e passou a estudar biologia, fisiologia e a medicina chinesa.

Mas Joseph não se contentou em manter seus conhecimentos no nível teórico, decidiu então colocar em prática tudo o que aprendera sobre a medicina, as artes marciais e o Yoga. Desenvolveu, portanto, maneiras de treinar seu corpo para adquirir força, resistência, controle, fluidez e flexibilidade, além de trabalhar muito a respiração, já que na infância havia sofrido de problemas respiratórios.

Assim nasceu então a modalidade que recebeu o nome do criador.  Ao longo dos anos, Pilates desenvolveu e evoluiu os métodos, escreveu livros que hoje auxiliam com a prática de pilates.

 

O que é o pilates

O QUE E PILATES

Pilates é um método desenvolvido para trabalhar tanto corpo como a mente. Tem seus próprios princípios, desenvolvidos pelo criador da técnica. Os princípios básicos estão descritos logo a seguir:

-Concentração;

-Controle;

-Centralização;

-Precisão;

-Respiração;

-Fluidez.

É através destes princípios que se torna possível atingir o objetivo de treinar o corpo e a mente de uma forma integrada, global e harmônica.

O pilates trabalha o corpo de dentro para fora, ou seja, a força é trabalhada como um atributo interno para ser refletido no aspecto físico, assim é possível atingir tonificação, flexibilidade e alongamento nos dois campos.

 

Como funciona o pilates

PILATES IMPORTANCIA

O pilates e caracterizado por aproximadamente 500 exercícios que têm o objetivo de ser executados com qualidade e não quantidade, de forma que vários grupos musculares do corpo sejam trabalhados de forma global. Assim, o praticante de pilates não fica exausto após o treino e sim revigorado e com muita disposição.

Para que a prática de pilates seja possível, é preciso que alguns aspectos sejam atendidos adequadamente:

-Ambiente: o local onde é realizado o pilates geralmente é uma sala climatizada, agradável, com um espaço de cerca de 40 a 120 m2, deve contar também com banheiros feminino e masculino;

Equipamentos: existem cerca de 20 aparelhos que foram desenvolvidos exclusivamente para o pilates, há diversas marcas fabricantes que fornecem estes equipamentos;

Acessórios: além dos equipamentos, é possível praticar pilates apenas no solo e com o auxílio de alguns objetos, como bolas, colchonetes, elásticos, discos, tapetes, etc;

Profissional: para dar aulas de pilates, ou melhor, para instruir o praticante de pilates, é preciso ter conhecimento específico acerca da modalidade, este conhecimento deve abranger a questão do funcionamento do corpo em relação aos exercícios, a forma correta de executá-los, quais exercícios devem ser evitados dependendo da condição do praticante, sobre a manutenção dos equipamentos, entre outros.

Além disso, é pré-requisito fundamental que o instrutor de pilates seja um profissional graduado em educação física ou fisioterapia e que tenha certificação de curso de especialização em pilates.

 

A quem é indicado o pilates

pilates sao paulo

A técnica do pilates é indicada para todas as idades, de 8 a 80 anos, tanto para homens como para mulheres. É bastante recomendada para gestantes, para pessoas que possuem patologias musculoesqueléticas, para pessoas que apresentam algum problema na coluna, como escoliose e lordose, enfim, geralmente não há contraindicação.

Não precisa ter excelente condicionamento físico para iniciar o pilates, pois a própria prática já proporciona condicionamento, assim, tanto pessoas que são ativas como pessoas sedentárias podem praticar o pilates.

No entanto, é preciso que o instrutor de pilates desenvolva o treinamento para cada praticante de forma adequada, respeitando suas características pessoais, suas limitações, idade, circunstâncias e desenvolvimento.

 

Benefícios do pilates

MULHER REALIZANDO PILATES

Finalmente serão elencados os diversos benefícios que a prática de pilates proporciona a seus praticantes. Como já fora mencionado, os benefícios são em nível mental e físico, confira abaixo a lista onde estão discriminados diversos benefícios do pilates:

Respiração: já foi falada a importância que a respiração tem para o pilates, mas vale enfatizar que os exercícios são realizados sempre com atenção na respiração, promovendo um aprendizado sobre como respirar corretamente e como utilizá-la como um modo de controle da força;

Flexibilidade: os exercícios do pilates são característicos em promover maior flexibilidade, pois os movimentos realizados trabalham justamente de forma que os músculos sejam alongados e assim. Além disso, ao adquirir flexibilidade física, o praticante retrata esta flexibilidade também no nível comportamental, no modo de lidar com as circunstâncias do dia-a-dia;

Controle emocional: uma vez que o pilates trabalhe tanto a mente como o corpo, um dos benefícios passa a ser em relação ao alívio de tensões, redução do nível de estresse, redução da ansiedade, melhor ano humor e melhora na autoestima;

Postura: o pilates também é bastante característico em fortalecer os músculos das costas e do abdome, que dão sustentação ao tronco, o que é muito importante, pois a maioria dos órgãos vitais está presente no tronco, assim, com força abdominal e dos músculos das costas, a postura do praticante melhora exponencialmente;

Resistência física: os exercícios trabalham a força dos grupos musculares de todo o organismo, assim, o praticante adquire mais força e resistência gradualmente;

Resistência mental: o praticante de pilates ao realizar os exercícios e se ver capaz de melhorar e ter controle do próprio corpo, da própria respiração e conseguir alcançar uma condição física inimaginável, ele automaticamente adquire resistência mental, pois o corpo e a mente são integrados;

Coordenação motora: o pilates proporciona também uma melhora na coordenação dos membros superiores e inferiores, pois os exercícios exigem novas sinapses, estimulando o cérebro a aprimorar a psicomotricidade;

Controle do peso: como toda atividade física, o pilates auxilia na perda de peso, porém seu diferencial está em proporcionar o controle do peso, isto é, manter o corpo magro sem ganhar novamente o peso eliminado, este controle muito tem a ver com a reeducação mental que o pilates proporciona;

Melhora da concentração: os exercícios exigem concentração, para conseguir combinar a respiração com a execução do exercício, isto estimula bastante em nível neurológico, promovendo mais capacidade de concentração e, consequentemente, melhorando outros aspectos cognitivos, como memória e atenção;

Alívio de dores musculares: muitos pacientes recebem recomendação médica para praticar pilates como uma forma de aliviar várias dores musculares que os acompanham no dia-a-dia. O pilates auxilia neste aspecto, pois a respiração correta ensina a pessoa a controlar as dores e proporciona bem-estar, além disso, o músculo fortalecido é menos propício a desenvolver dores;

Articulações mais saudáveis: fortalecendo os músculos, estabelecendo mais flexibilidade e reduzindo o peso, as articulações sofrem menos atrito, o que previne inúmeras doenças comuns na velhice;

Condicionamento físico: toda atividade física regular proporciona condicionamento físico e o pilates ainda promove o condicionamento cardiorrespiratório de forma eficaz devido à grande atuação na respiração.

Existem diversos outros benefícios do pilates, mas os supracitados são os mais percebidos entre os praticantes e são, inclusive, as principais motivações para a procura da prática.

 

 

Considerações finais

Em suma, o pilates é uma técnica relativamente remota, já que foi desenvolvida no século passado, mas que ainda hoje é muito atual e muito conveniente em relação ao estilo de vida contemporâneo ocidental, de forma que traz inúmeros benefícios que dialogam com este modo de vida repleto de estímulos estressantes e de aspectos que exigem força, controle e fluidez – que são alguns dos princípios do pilates.

Vimos que não há contraindicação, o pilates pode ser praticado por crianças, adolescentes, adultos e idosos, homens e mulheres, seja a pessoa ativa ou ainda sedentária.

Vale lembrar também que o pilates se propõe a trabalhar não somente o corpo, mas também a mente e de uma forma holística, integrada, ou seja, sem segmentar. Assim, todo aprendizado e adaptação física é refletida no nível mental, psicológico, emocional e vice-versa.

É importante salientar ainda, que para que a prática do pilates seja eficaz e fidedigna, ou seja, que realmente cumpra com aquilo que se compromete, é preciso que o ambiente, os equipamentos e o profissional sejam adequados. Por isso, é sempre recomendado que o praticante se certifique da capacitação do instrutor de pilates, pois caso a técnica seja realizada sem profissionalismo, comprometimento e de forma equivocada, pode resultar em lesões ou mesmo na falta de resultados esperados.

 

Dr. Marcus Yu Bin Pai

CRM-SP: 158074 / RQE: 65523 - 65524 | Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura. Área de Atuação em Dor pela AMB. Doutorando em Ciências pela USP. Pesquisador e Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do HC-FMUSP. Diretor de Marketing do Colégio Médico de Acupuntura do Estado de São Paulo (CMAeSP). Integrante da Câmara Técnica de Acupuntura do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP). Secretário do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Presidente do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira de Regeneração Tecidual (SBRET). Professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Dor da Universidade de São Paulo (USP). Membro do Conselho Revisor - Medicina Física e Reabilitação da Journal of the Brazilian Medical Association (AMB).  
Send this to a friend