AVISO: NOVO LOCAL DE ATENDIMENTO - Rua Saint Hilaire 96 (a 5 minutos da clínica antiga), de segunda a sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

A yoga pode ser útil na lombalgia crônica?

A lombalgia afeta milhões de pessoas no mundo e, para algumas, a dor se torna crônica, impedindo-as de executar as tarefas do dia a dia. A ioga poderia ser útil no tratamento desta condição? Este o tema de uma nova revisão.


A lombalgia é uma condição muito comum que às vezes pode se transformar em incapacitação. Entre 2004 e 2008, a lombalgia contribuiu para 2,06 milhões de atendimentos médicos em Prontos Socorros nos EUA.

Enquanto algumas pessoas se recuperam bem rápido de um destes episódios, para outras, o desconforto pode chegar a durar 3 meses ou até mais. Quando a dor—clinicamente descrita como localizada entre a costela inferior e as dobras glúteas—tem duração superior a 3 meses, é considerada “crônica”.

A lombalgia crônica às vezes pode ser causada por doenças como radiculopatia, um distúrbio neurológico comum, ou estenose vertebral, uma condição em que o estreitamento dos espaços na coluna vertebral acarreta a compressão da medula espinal.

Na maioria dos casos, porém, a causa da lombalgia crônica permanece indeterminada. Quando isto ocorre, a condição é dita “inespecífica”. As opções para tratamento da lombalgia crônica inespecífica são limitadas, muitas vezes envolvendo o autocuidado e medicação de balcão, como paracetamol ou fármacos anti-inflamatórios.

A nova revisão, publicada na Cochrane Library, usa as pesquisas existentes para investigar a efetividade da ioga no tratamento da lombalgia crônica inespecífica. A metanálise agrupou os resultados de 12 estudos controlados randomizados realizados nos EUA, Índia e Reino Unido, incluindo um total de 1.080 participantes na faixa etária de 34 a 48 anos.

Os estudos considerados compararam a ioga com intervenções não baseadas no exercício, incluindo a orientação de autocuidado, uma intervenção baseada em exercício, uma combinação destas duas intervenções ou nenhuma intervenção. Três estudos compararam a ioga ao exercício concentrado na coluna vertebral, enquanto 7 estudos compararam a ioga à intervenção sem exercício.

 

 

“Evidências fracas a moderadas” sugerem que a ioga é útil no tratamento da lombalgia

poses de yoga para lombalgia

 

Como os estudos não foram cegos e se basearam em autoavaliação e autorrelato, os pesquisadores da Cochrane consideraram o risco de tendenciosidade como sendo elevado. Sendo assim, os pesquisadores diminuíram o nível de certeza nos resultados para “moderado”, com o intuito de incluir as potenciais tendenciosidades, e também diminuíram ainda mais o nível de certeza para os estudos cujos resultados eram imprecisos ou conflitantes.

 

De modo geral, os revisores constataram que a ioga pode melhorar a função da coluna dorsal e minimizar a lombalgia nos primeiros 6-12 meses.

 

Entretanto, também foi constatado que essa melhora era relativamente pequena e, na verdade, os revisores destacaram que o efeito da ioga não é amplo o bastante para ser considerado clinicamente significativo.

A revisão determinou com “um grau de certeza baixo a moderado” que a ioga melhora a função relacionada à coluna dorsal, em comparação ao observado nos grupos controle que não se exercitaram. Portanto, ainda não foi estabelecido se há qualquer diferença entre ioga e outro exercício enfocado na coluna vertebral.

Em termos de prejuízo, foi considerado que a ioga piorou a lombalgia em 5% dos participantes, mas não estava associada a efeitos adversos graves. Os autores mencionam que estudos de maior escala, com seguimento mais prolongado, seriam necessários para avaliar os efeitos da ioga sobre a saúde a longo prazo.

“Nossos achados sugerem que exercícios de ioga podem levar a uma pequena diminuição dos sintomas de lombalgia, contudo os resultados que serviram de base são de um estudo com tempo de seguimento curto. No presente, temos apenas evidências de qualidade baixa a moderada dos efeitos da ioga em um período de até 6 meses, como um tipo de exercício que ajuda as pessoas com lombalgia crônica.”

“Os exercícios de ioga praticados nos estudos foram desenvolvidos para lombalgia. E é importante os leitores também terem em mente que, em cada um dos estudos revisados, as aulas de ioga foram conduzidas por profissionais experientes,” acrescenta Wieland.

 

Send this to a friend