AVISO: Retornaremos o atendimento parcialmente a partir de 07/04. Para maiores informações, favor entrar em contato via WhatsApp

Novo estudo relata que o sono ruim aumenta a dor na osteoartrose de joelho

Um novo estudo relata que os pacientes com osteoartrose de joelho que têm hábitos de sono pobre exibem maior sensibilização central-uma amplificação da dor clínica.

acupuntura dor em joelho

Resultados publicados na Arthritis Care & Research, uma revista científica do Colégio Americano de Reumatologia (ACR), demonstrou que pacientes com osteoartrose que catastrofizam (ou seja, tem seus pensamentos consumidos pela dor), tinham um aumento da sensibilização central que estava associada com maior dor clínica.

A osteoartrose, uma doença de articular degenerativa que causa dor e inchaço das articulações na mão, quadril, joelho, afeta quase 27 milhões de americanos 25 anos de idade e mais velhos de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos Estados Unidos da América.

Novas evidências sugerem que aproximadamente um terço dos adultos mais velhos têm joelho com osteoartrose, sendo uma das principais causas de dor e incapacidade em todo o mundo.

Pesquisadores acreditam que essa sensibilização central, que é uma hipersensibilidade à dor, pode contribuir para a ampliação da clínica de dor na osteoartrose.

“Nosso estudo é o maior e mais abrangente estudo que avaliou a relação entre a perturbação do sono, catasfrofização e sensibilização central no joelho com osteoartrose”, disse o autor Claudia Campbell, pH.d. do departamento de psiquiatria e Ciências do comportamento na Johns Hopkins University School of Medicine em Baltimore, Maryland.

O estudo incluiu 208 participantes que foram classificados em quatro grupos: osteoartrose nos pacientes com insônia, osteoartrose em pacientes com hábitos de sono normal, pacientes saudáveis com insônia e controles saudáveis sem uma síndrome de dor e sono normal.

Setenta e dois por cento dos participantes eram do sexo feminino. Os participantes completaram avaliações do sono, psicológicas e avaliações de dor e testes sensoriais.

radiografia osteoartrose

Os resultados mostram que os indivíduos com osteoartrose de joelho e insônia tinham maior grau de sensibilização central, em comparação com os controles. A equipe encontrou pacientes com sono pobre e catastrofização, com altos escores que relataram aumento dos níveis de sensibilização central.

Por sua vez, sensibilização central foi significativamente associada com aumento dor clínica.

Dr. Campbell concluiu que “enquanto nenhum processo causal pode ser determinado a partir deste estudo, nossos dados sugerem que aqueles com sono baixa eficiência e maior catastrofização tem a maior sensibilização central. Compreender a intrincada relação entre sono, sensibilização central e catastrofização tem importante implicações clínicas para o tratamento de pessoas com condições de dor crônica com osteoartrose de joelho.”

Deixe o seu comentário

Send this to a friend