AVISO: Informamos que devido ao COVID-19, estamos fechados temporariamente a princípio até o dia 07/04. Para maiores informações, favor entrar em contato via WhatsApp

TENS pode trazer alívio imediato para dor

O TENS é um método não farmacológico de controle da dor, fornecendo uma pequena corrente elétrica através de eletrodos na pele, com efeitos analgésicos.

Transcutaneous Electrical Nerve Stimulation – este é o nome original para a sigla TENS, que significa Neuroestimulação Elétrica Transcutânea. Você já ouviu falar sobre esta técnica e seus benefícios? Continue lendo para saber como ela pode ajudar no controle da dor.

O objetivo do TENS é realmente trazer alívio da dor, pois ele proporciona analgesia e relaxamento muscular, ajudando a interromper o ciclo de dor.

As correntes elétricas produzidas pelo aparelho de TENS são suaves, capazes de impedir ou atenuar as mensagens de dor sendo transmitidos para o cérebro e pode aumentar o nível de endorfinas (analgésicos naturais produzidos pelo cérebro).

TENS é um recurso popularmente usado em terapias, da competência do médico fisiatra ou o fisioterapeuta e atua diretamente no local da dor. Isso não significa que a técnica irá curar a patologia, mas vai causar enorme alívio, justamente porque o TENS atua na dor de forma direta.

Esta técnica só é utilizada com acompanhamento e indicação de um médico. Se você está, por exemplo, com muita dor na coluna o tratamento terapêutico vai ajudar a amenizar e aliviar sua dor de forma imediata, porém é preciso informar que o TENS sozinho não resolve o problema.

Vamos enfatizar: o TENS atua na dor, entendemos que a dor é um sintoma de algo que a origina, por isso será necessário tratamentos e medicamentos juntamente com exercícios para uma reabilitação otimizada que resolvam o que está por trás da dor.

As causas das dores podem ser inúmeras, como inflamação, trauma, lesão, problemas neurológicos, bem como os fatores perpetuantes da dor, como má postura, encurtamentos musculares, excesso de peso, sobrecarga, excesso de treino.

É importante que seu médico faça o diagnóstico correto, veja o que está causando o problema e não apenas alivie as dores com o TENS.

Em suma, é importante um tratamento multidisciplinar de reabilitação, com diversas terapias, sejam elas o TENS, o ultrassom terapêutico, a acupuntura, a terapia por ondas de choque e os exercícios de alongamento e cinesioterapia, que podem também ser associados a otimização analgésica, infiltrações e bloqueios anestésicos realizados pelo seu especialista.

TENS posicionamento eletrodos

 

Como o TENS funciona

A técnica, como já mencionamos, chama-se Neuroestimulação Elétrica Transcutânea, utiliza uma corrente elétrica de baixa voltagem para proporcionar analgesia. Para isso é utilizado um aparelho, o qual tem faixas de vários tamanhos para ser aplicada na pele diretamente no local da dor.

A intensidade da frequência é indicada de acordo com cada tipo de lesão. Por exemplo, se sua dor é crônica pode ser utilizado uma frequência baixa, cerca de 25Hz. Já em casos de dor aguda pós-operatória, a frequência pode ser mais alta, cerca de 100 a 200Hz.

O interessante é que para cada caso existe um mecanismo de ação, como uma estimulação de liberação de endorfinas que prolongam a analgesia.

O motivo pelo qual o TENS é capaz de atuar na dor é que ele ativa um mecanismo do sistema nervoso, o sistema inibitório descendente de dor, por isso acaba por amenizar a dor.

Não há efeitos colaterais e nem risco para quem o utiliza, o TENS não possui característica de dependência, diferente de alguns remédios.

É por esse é outros motivos, mas principalmente por causa do alívio imediato da dor, que o TENS se tornou um método de tratamento muito conhecido e utilizado, além de ser o preferido de alguns médicos e terapeutas.

 

TENS exemplos de posicionamento dos eletrodos

 

O tempo esperado para o efeito de alivio da dor e vai depender de diversos fatores. Geralmente a duração da aplicação do TENS é de 20 a 40 minutos. Durante esse tempo o paciente pode sentir uma sensação de formigamento entre os eletrodos, sendo até uma sensação forte, mas não é dolorosa.

O TENS convencional tende a ter um rápido início de analgesia, mas perde seu efeito rapidamente quando a estimulação é desativada. O efeito analgésico da TENS de baixa frequência leva mais tempo para ser alcançado, mas o alívio da dor produzido pelos opióides endógenos pode durar por algum tempo. Os efeitos analgésicos pós-estimulação da TENS podem, portanto, durar de cinco minutos a 18 horas. Estudos sugerem que o acúmulo ou depleção de opioides endógenos pode influenciar a força e a duração da analgesia pós-estimulação

Apesar da analgesia do TENS ser importante, não se pode eliminar os exercícios de reabilitação. Ficar sem dor pode ser um problema no sentido de que o paciente passa a considerar que está curado, deixando de ter precaução e cuidado, não poupar a estrutura que está inflamada ou com qualquer outro sintoma. É importante o tempo de regeneração e cicatrização da lesão.

Isso tudo pode acarretar uma piora no tratamento. É necessário saber que existe um limite e é a dor que impõe esse limite muitas vezes. Sentir dor é algo chato, incomoda, mas é ela que avisa que algo está errado e que precisa ser analisado e corrigido.

É de extrema importância que você procure um médico assim que começar a sentir alguma dor que não resolve com medicamentos simples. A dor pode ser o indício de que algo não vai bem e que precisa ser analisado.

Esse tipo de método é muito usado em tratamento pós-operatório, por isso, o médico já sabe o problema e sabe que o local pode ficar dolorido. O paciente também sabe que precisa tomar cuidado com a área operada e por isso o TENS é indicado nestes casos.

 

 

O TENS é indicado para quais doenças?

tens alivio de dor acupuntura

Além do tratamento pós-operatório, o TENS também pode ser usado em alguns procedimentos para aliviar dores de algumas doenças, sendo vários os problemas indicados, como dor no pescoço. Essa dor pode acontecer por vários motivos, por isso seu médico precisa analisar e ver o que causou a dor antes de fazer a terapia com o TENS.

Veja para quais outros problemas o TENS pode ser indicado:

 

O TENS também é muito usado em casos de câncer em fase terminal, há casos em que o paciente sente dor e a terapia traz o alívio imediato já que o TENS atenua a a dor usando a neuroestimulação. Esse tratamento é vantajoso no quadro de câncer porque ajuda a reduzir a quantidade de medicamentos consumidos pelo paciente na fase final da doença.

Apesar de não haver efeitos colaterais, há alguns pacientes com algumas condições médicas não podem submeter ao tratamento devido às ondas, como mulheres grávidas ou que estão amamentando, pessoas com marcapasso e com distúrbio do ritmo cardíaco.

 

 

Referências bibliográficas

NHS UK – TENS

University of Iowa – Transcutaneous electrical nerve stimulator

 

2 Comentários

Deixe o seu comentário.
  • Utilizo o TENS para alivio da dor neuropática (plexo braquial do membro sup. esq.);todavia, tenho obtido massa muscular, robustez do braço e não tanto o alivio da dor. Faço uma sessão de 15′. aprox., a intensidade suportável. O médico diz apenas que devo continuar. Será que estou a fazer algo mal? Estou a tomar medicamentos para alivio da dor. Numa escala de 0 a 10, centra-se em 3/4. Na mudança de tempo, por vezes, aparece a dor irruptiva( 6/7) que pode demorar horas ou mesmo dias.
    Joaquim Tomé

  • Utilizo o TENS para alivio da dor neuropática (plexo braquial do membro sup. esq.);todavia, tenho obtido massa muscular, robustez do braço e não tanto o alivio da dor. Faço uma sessão de 15′. aprox., a intensidade suportável. O médico diz apenas que devo continuar. Será que estou a fazer algo mal? Estou a tomar medicamentos para alivio da dor. Numa escala de 0 a 10, centra-se em 3/4. Na mudança de tempo, por vezes, aparece a dor irruptiva( 6/7) que pode demorar horas ou mesmo dias.
    Joaquim Tomé

Deixe o seu comentário

Send this to a friend