AVISO - COVID-19: Estamos com atendimento segunda/terça/quinta/sexta/sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Relaxantes Musculares: medicamentos para o controle da dor

Relaxantes musculares são uma classe de medicamentos voltada para problemas musculares, como espasmos.

Espasmos musculares podem ser causados por e podem causar um variado número de condições, incluindo dores lombares,  dores no pescoço e fibromialgia.

Relaxantes musculares são normalmente prescritos para dores agudas. De qualquer forma, eles também ajudam a aliviar dores musculares causades por condições crônicas, porém com menor efetividade.

Relaxantes musculares enquadram-se em 2 grupos – anti-espástico e agentes antiespasmódicos.

Anti-espásticos tratam primariamente disordens neurológicas (ou ligadas a nervos) como paralisia cerebral.

Por outro lado, antiespasmódicos são usados para tratar problemas músculo-esqueletais, incluindo dores nas costas.

Esse artigo focará em agentes antiespasmódicos.

Relaxantes Musculares para Espasmos Musculares

Espasmos musculares são uma dolorosa diminuição da mobilidade, que pode limitar sua habilidade de realizar até mesmo atividades básicas.

Relaxantes musculares também podem ajudar a diminuir a dor e melhorar a mobilidade e alcançe da moção, seu médico provavelmente recomendará que primeiro tente analgésicos como a dipirona e paracetamol.

Em alguns casos, esses medicamentos que podem ser conseguidos sem receita serão o suficiente para aliviar a dor.

E se a dor persistir?

Agora, se a dor muscular persistir, seu médico possivelmente prescreverá um dos relaxantes musculares mais comuns da lista abaixo (os nomes genéricos são listados primeiro, com um exemplo de marca entre parênteses):

  • Carisoprodol (Dorilax, Mioflex, Tandrilax)
  • Ciclobenzafrina (Miosan, Musulare, Mitrul)
  • Tizanidina (Sirdalud)
  • Orfenadrina (Dorflex)

Considerações Especiais

Relaxantes musculares, particularmente antiespasmódicos, normalmente são prescritos para aliviar dores de curto-prazo. Na maioria dos casos eles devem ser utilizados por mais de 2 semanas.

Os efeitos colaterais mais comuns associados a relaxantes musculares são sonolência e tontura.

Muitos pacientes, tirando vantagem dos efeitos sedativos dos mesmos, prefere tomar a dosagem antes de dormir.

Se a dor muscular não for resolvida por medicamentos adquiridos sem receita, então relaxantes musculares podem ser uma boa alternativa de tratamento para aliviar seus espasmos musculares.

Como sempre, não deixe de discutir todos os seus medicamentos com seu médico.

Uma compreensão sólida de suas opções de tratamento é uma forte defesa contra dor.

Send this to a friend