AVISO - COVID-19: Estamos com atendimento segunda/terça/quinta/sexta/sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Hábitos diários para ajudar a diminuir suas dores crônicas

mitos e verdades das lombalgias

Obter Endorfinas: Exercícios e Atividades Físicas

É uma dica: Você está com dor, por isso evita se exercitar; mas sem exercício, você pode perder o tônus muscular e força, fazendo com que a dor piore. Felizmente, mesmo exercícios leves liberam endorfinas, que são substâncias químicas do cérebro que fazem você se sentir bem e melhoram o seu humor, diminuindo a dor. Pergunte ao seu médico ou professor aeróbico. Fortalecimento ou exercícios de alongamento podem dar ao seu corpo o impulso – e alívio – que ele precisa.

Respiração, meditação e Biofeedback

Parece tão óbvio, mas poucos realmente reservam um tempo para parar o que estão fazendo e acalmar a mente. A respiração profunda, biofeedback e meditação são todas técnicas de administração do estresse com o objetivo de relaxar o corpo, o que ajuda a aliviar a dor. Converse com seu médico para saber mais, e lembre-se de se acalmar, fechar os olhos … respirar … expirar.

Aprenda mais sobre a Fibromialgia: Causas, sintomas, tratamentos.

Evite o álcool

Você precisa de uma boa noite de sono para ajudar a aliviar a dor e as tensões do seu corpo. Embora o álcool possa ajudar a dormir, pois metaboliza, ele promove o sono superficial, reduz o sono REM e pode até te fazer acordar durante a noite. O resultado: uma noite menos relaxante.

Pare de fumar

Algumas pessoas acham alívio temporário da dor e estresse ao fumar um cigarro. A ironia é que o tabagismo pode realmente contribuir para a dor à longo prazo. Ele retarda a cura, piora a circulação e aumenta o risco de problemas degenerativos do disco, uma causa da dor lombar. Se você precisa de um incentivo para parar de fumar, o alívio da dor pode ser uma delas. Pergunte ao seu médico sobre os programas e medicamentos para se livrar do vício.

Equilibre o seu corpo: coma melhor

Se você tem dor crônica, você deve fazer de tudo para ajudar o seu corpo, não impedi-lo. Uma maneira de manter seu corpo forte é ter dieta bem equilibrada. Comer corretamente melhora de açúcar no sangue, ajuda a manter o peso, reduz o risco de doença cardíaca e auxilia a digestão. Aposte em uma dieta rica em grãos integrais, produtos frescos e proteínas de baixo teor de gordura.

Ajude o seu médico a ajudá-lo

Manter um diário de dor pode ser uma ótima maneira de ajudar o seu médico a entender e tratar, de forma mais eficaz, a sua dor crônica. No final de cada dia, faça uma pontuação da dor entre 1 a 10. Em seguida, observe o que você fez naquele dia e como essas atividades te fizeram sentir. A próxima vez que você for ao médico, leve essas anotações e discutam suas descobertas.

Matéria da Folha de São Paulo: Fibromialgia tortura com dores pelo corpo.

Cronograma de Relaxamento, estabelecer limites

Ao cuidar de sua saúde física e emocional, você pode cuidar melhor da sua dor. Isso significa dizer não para eventos como festas, se você precisa de descanso. Ou pode significar agendar massagens regulares ou definir uma data de jantar com bons amigos para elevar o seu espírito. Como você cuida de você depende apenas de você.

Distraia-se

Você já deve saber que manter o foco na dor apenas piora tudo. É por isso que uma sugestão essencial para alívio é manter-se ocupado com atividades que distraiam a sua mente da dor. Faça uma aula de culinária que você, junte-se a um clube de jardinagem, tente aulas de esqui. Mesmo que você não possa controlar a dor, você pode controlar o resto de sua vida. Comece agora!

Mitos e verdades sobre as Lombalgias.

Conheça seus medicamentos

Conheça os medicamentos que você está ingerindo, o que eles podem fazer por você, e seus efeitos colaterais. Depois pesquise outras opções de tratamento. Seu objetivo é adquirir um humor regular e ter um bom nível de atividade – se não ocorrer, então um medicamento alternativo pode ser melhor para você. Seu trabalho é ser pró-ativo, faça perguntas e procure respostas.

Você não está sozinho

Como uma pessoa em cada três sofre de dor crônica, então você está longe de estar sozinho. Estender a mão é o hábito mais importante que você pode desenvolver para ajudar você a lidar com a dor crônica. Conte aos amigos e familiares o que você está sentindo, porque eles não podem saber se você não disser. Peça ajuda. Saiba mais sobre a sua condição. Em seguida, compartilhe o que sabe com os outros.

Aprenda mais sobre a dor crônica e seus tratamentos.

5 benefícios da Acupuntura para sua saúde.

Deixe o seu comentário

Send this to a friend