AVISO: Informamos que devido ao COVID-19, estamos fechados temporariamente a princípio até o dia 07/04. Para maiores informações, favor entrar em contato via WhatsApp

Acupuntura para eczema e psoríase

O que é eczema?

Eczema e acupuntura

Eczema atópico (também conhecido como dermatite atópica) é uma condição inflamatória muito comum da pele.

O eczema é caracterizado por uma erupção cutânea de prurido vermelho que normalmente tende a envolver as dobras da pele (por exemplo, atrás dos joelhos, dobras de cotovelos, em torno do pescoço) e, geralmente, é relativamente leve. Na fase aguda, essas lesões de eczema são mal definidas e vermelhas.

Na fase crônica, as lesões são marcadas por espessamento da pele.

A condição é mais comumente encontrada durante a infância: no Brasil afeta cerca de 15-20% das crianças em idade escolar, em algum momento, mas também afeta de 2-10% dos adultos.

A maioria das pessoas afetadas têm recaídas e remissões depois de meses ou anos. Embora, o eczema atópico na infância seja geralmente leve, a coceira, dor e desconforto, perda de sono e limitação de atividades pode perturbar a vida cotidiana, incluindo no rendimento escolar e pode levar ao sofrimento de crianças e suas famílias.

As causas do eczema não são bem compreendidos e ocorrem provavelmente devido a uma combinação de fatores genéticos e ambientais tais como ácaros, poluição e exposição pré-natal ou início das infecções.

Os tratamentos convencionais incluem emolientes (como cremes, pomadas ou óleos de banho), cremes de corticosteróides tópicos, e inibidores da calcineurina (tarcrolimus e pimecrolimus). Além disso, os pacientes com a condição devem ser aconselhados a evitar o contato com sabão e detergentes, e limitar a exposição a possíveis agravantes tais como ácaros, animais peludos, temperaturas exgtremas e, em indivíduos hipersensíveis, determinados tipos de alimentos.

O que é psoríase?

psoriase

A psoríase (em placas crônica ou psoríase vulgar) é uma doença inflamatória crônica da pele. É caracterizada por placas bem definidas vermelhas, descamativas nas superfícies extensoras do corpo (por exemplo, joelhos, cotovelos, mãos) e couro cabeludo.

A psoríase afeta cerca de 2% das pessoas no Brasil. Em alguns pacientes, os sintomas são leves, enquanto que em outros eles podem causar deficiência física, social e psicológica.

O curso da doença varia amplamente, com surtos e remissões. A causa da psoríase é desconhecida, mas não é um componente genético, com cerca de 30% das pessoas com histórico familiar da doença. Além disso, estresse emocional, trauma físico, infecção aguda e alguns fármacos podem provocar ou aumentar a condição. O consumo excessivo de álcool e tabagismo também podem ser fatores de risco.

Os tratamentos convencionais incluem tratamentos tópicos tais como derivados de vitamina D e vitamina A, creme ditranol, preparações de alcatrão de carvão, corticosteróides tópicos, psoraleno e terapia de luz ultravioleta (PUVA), e tratamentos sistêmicos, como o metotrexato, ciclosporina, acitretin e biológicos (por exemplo, infliximab).

Como a acupuntura pode ajudar

Há poucos ensaios clínicos randomizados (ECR) publicados dos efeitos da acupuntura no tratamento de condições inflamatórias crônicas de pele como eczema atópica e psoríase.

Dois pequenos ensaios clínicos randomizados mostraram que a acupuntura reduziu a coceira em pacientes com eczema atópico.

Por outro lado, um pequeno ensaio clínico randomizado de acupuntura para a psoríase concluiu que a acupuntura clássica não é superior a acupuntura placebo. Intervenções Sham não são placebos inativos, mas são efetivamente diferentes versões de acupuntura, pelo que o seu valor na avaliação da eficácia do tratamento é altamente questionável.

Em geral, acredita-se que a acupuntura pode estimular o sistema nervoso e provocar a liberação de moléculas mensageiras neuroquímicas. As alterações bioquímicas resultantes influenciam os mecanismos homeostáticos do corpo, promovendo, assim, bem estar físico e emocional. Estimulação de determinados pontos de acupuntura podem afetar áreas do cérebro que são conhecidos por reduzir a sensibilidade à dor e estresse.

A acupuntura pode ajudar a aliviar os sintomas em pessoas com eczema atópico e psoríase através de:

Redução da inflamação, através da promoção da liberação de indicadores vasculares e imunomoduladores

Regulação de mediadores da reação alérgica a alérgenos extrínsecos, por exemplo Ig-E (Rao, 2006), citocinas no soro (IL-2, IL-4, IL-10, IFN-, Ig-E), e basófilos

Reforçar as atividades de células de defesa naturais e modulando o número e a proporção de tipos de células imune

Aumento da microcirculação local, o que ajuda a diminuir o inchaço.

Aprenda mais sobre alguns dos efeitos gerais da Acupuntura e como ela pode te ajudar.

Aprenda mais sobre a Acupuntura. Veja perguntas frequentes (FAQ) que recebemos.

5 benefícios da Acupuntura para sua saúde.

1 Comente

Deixe o seu comentário.
  • Estou acometido de Dermatite atópica já há 8 meses. Minha caminhada já se fez em 2 dermatologistas, 1 alergologista, 1 endócrinologista além do clínico geral e agora com o Homeopata. Nada tem resolvido. Como pode a Acupuntura me ajudar?
    Gostaria de ter mais uma opinião que ao menos resolva o problema da coceira… com isso diminuo as lesões, espero.

Deixe o seu comentário

Send this to a friend