CENTRO DE TRATAMENTO DE DOR: Dor, Acupuntura Médica, Ondas de Choque, Fisiatria e Fisioterapia.

Dormência no braço pode ser sintoma de um problema na coluna

Você sabia? Dormência no braço pode ser sintoma de um problema na coluna. Diversos distúrbios cervicais afetam os membros superiores causando não apenas dormência, mas também formigamento e pontadas. 

Diante de sintomas como esses, é muito importante procurar ajuda médica. São diversas as causas possíveis e elas devem ser diagnosticada para poder ser orientado o tratamento adequado

Ao longo deste artigo você conhecerá as principais condições que afetam a coluna e podem causar dormência no braço.

A dormência é um sintoma comum, que nem sempre está relacionado a problemas mais sérios, ou seja, em muitos casos não é necessário tratamento. 

Se trata da perda de sensibilidade em uma parte do corpo, essa perda pode ser parcial ou completa. Por causa dela, não é possível: 

  • Sentir um toque leve
  • Sentir dor
  • Distinguir calor do frio
  • Sentir vibração
  • Saber a posição da parte dormente do corpo

 

Muitas vezes o sintoma vem acompanhado por sensação de formigamento e picadas, fraqueza e dificuldade para mover a parte do corpo afetada.

Causas para dormência no braço relacionada á coluna

Lesão ou Pressão nos Nervos

Quando, por algum motivo, os nervos das costas que irradiam para os braços são pressionados, pode haver dormência no braço. 

Geralmente, essa compressão se dá pela presença de tumores, osteoartrose da coluna, infecção, ou até mesmo por ficar parado na mesma posição por muito tempo.

 

Hérnia de Disco Cervical

A hérnica de disco é uma das situações que pode gerar compressão de nervos na região da coluna. A condição é marcada pelo rompimento do disco cervical, que leva a formação de uma hérnia que acaba por exercer pressão sobre os nervos próximos. 

Além da dormência no braço, os sintomas de uma hérnia de disco cervical incluem dor radicular, formigamento e fraqueza no ombro, braço e mão. Quando a área inferior da coluna cervical é afetada, há ainda dor na escápula com dormência que tende a se estender até a mão. 

 

Estenose Foraminal

A estenose foraminal nada mais é do que o estreitamento do forame intervertebral, abertura formada pela articulação de duas incisuras vertebrais. Com isso, a raiz nervosa que atravessa o canal acaba ficando comprimida, como se a estrutura beliscasse a raiz do nervo. 

Diversas são as possíveis causas para essa alteração, entre elas processos degenerativos da coluna vertebral e esporões ósseos se destacam. 

Geralmente a dormência no braço aparece quando uma raiz nervosa da coluna cervical inferior é inflamada, o que leva a sintomas similares ao da hérnia de disco cervical: dor, formigamento e fraqueza no ombro, braço e mão.

 

Traumas no Pescoço ou no Ombro

Traumas que afetam a região do pescoço e do ombro, como ocorre em colisões ou quedas esportivas, podem afetar o plexo braquial, o grupo de nervos que atravessa o ombro e o braço. 

Nesses casos, o plexo fica sobrecarregado, o que produz uma série de consequências: queimação que começa no pescoço ou no ombro e desce pelo braço, dormência e fraqueza nos membros superiores. 

 

Neurite Braquial

O plexo braquial é composto por nervos que conduzem sinais da medula espinhal, localizada no canal da coluna vertebral para os membros superiores. 

Neurite braquial ou síndrome de Parsonage-Turner, é o nome da condição marcada pela inflamação de pelo menos uma parte dessa estrutura de nervos. 

Geralmente, o problema é causado por alongamento, pressão ou corte, na maioria dos casos ocorre quando a cabeça e o pescoço são forçados para longe do ombro, o que acontece em acidentes automobilísticos, por exemplo. 

Seus sintomas têm origem repentina, e incluem dormência no braço, fraqueza e dor, que podem afetar também as costas, o pescoço, o ombro e as mãos. 

 

Estresse

Você já deve ter ouvido falar que o estresse afeta todo o corpo e em excesso pode causar alguns sintomas físicos. Além dele, a ansiedade e outras condições psicológicas também podem causar desconfortos. 

O quadro pode ser similar aos descritos anteriormente, ou seja, dor e dormência no braço, no pescoço, nos ombros e nas costas. 

Quando o problema vem acompanhado por fraqueza, é essencial procurar ajuda de um médico para que ele investigue possíveis distúrbios na coluna. 

 

Na verdade, todo caso vale uma visita ao médico, afinal, sua saúde não pode ser negligenciada. 

Quando devo procurar um médico por causa de dormência?

dormência no braço

Como pudemos ver até aqui, são diversas as condições relacionadas à coluna que podem causar dormência no braço. Embora nem todas as causas sejam complexas e emergenciais, é necessário estar atento aos sinais de gravidade. 

Veja quais são os sinais de alerta quando o assunto é dormência no braço: 

  • A dormência começou repentinamente
  • Você também sente fraqueza em uma parte do corpo que surgiu rapidamente
  • O sintoma se estendeu rapidamente para cima ou para baixo, envolvendo mais e mais partes do corpo
  • Uma perna ou um braço inteiro está dormente
  • Você está com dificuldades para se mover, falar ou enxergar 
  • Os membros inferiores e a área genital foram afetados e há incontinência
  • A dormência está localizada nos dois lados do corpo abaixo de um ponto específico

 

Todos esses sintomas são indícios de que algo mais sério pode estar acontecendo, por isso, ligue para o médico e procure atendimento com urgência.

O profissional irá avaliar o seu caso e seus sintomas, identificar a causa do quadro e orientar o tratamento adequado.

Tratamento e prevenção de dormência nos braços

Apenas depois do diagnóstico da causa da dormência no braço o médico poderá determinar qual o método de intervenção ideal para o paciente. Normalmente são indicadas medicações e fisioterapia.

Medicamentos antidepressivos ou anticonvulsivantes podem ser indicados no tratamento sintomático de dormência nos braços

Caso não haja uma boa resposta ao tratamento conservador ao longo de 12 semanas, podem ser necessárias infiltrações ou a cirurgia. 

Quanto a prevenção, o caminho é resguardar a saúde da coluna. Para isso, mantenha-se sempre em forma, pratique atividade física regularmente, alongue-se sempre antes do exercício, alimente-se bem, tenha cuidado com a sua postura e faça check-ups médicos da maneira correta. 

Essas dicas te ajudarão a evitar não apenas os problemas descritos ao longo deste artigo, como a manter a sua saúde sempre em dia.

Clinica Hong Jin Pai Sao Paulo e1621991307344

RUA SAINT HILAIRE 96 – JARDIM PAULISTA – SÃO PAULO – SP

Clínica de Dor, Fisiatria e Acupuntura Médica

Clínica médica especializada localizada na região dos Jardins, próximo à Av. Paulista, em São Paulo — SP.

Centro de Dor, com médicos especialistas pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Tratamento por Ondas de Choque, Infiltrações, Bloqueios anestésicos e Acupuntura Médica

Dr. Marcus Yu Bin Pai

CRM-SP: 158074 / RQE: 65523 - 65524 | Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura. Área de Atuação em Dor pela AMB. Doutorado em Ciências pela USP. Pesquisador e Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do HC-FMUSP. Diretor de Marketing do Colégio Médico de Acupuntura do Estado de São Paulo (CMAeSP). Integrante da Câmara Técnica de Acupuntura do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP). Secretário do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Presidente do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira de Regeneração Tecidual (SBRET). Professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Dor da Universidade de São Paulo (USP). Membro do Conselho Revisor - Medicina Física e Reabilitação da Journal of the Brazilian Medical Association (AMB).  

2 Comentários

Deixe o seu comentário.

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.