AVISO - COVID-19: Estamos com atendimento segunda/terça/quinta/sexta. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Obesidade aumenta os riscos de problemas na coluna

Se você já nos acompanha sabe muito bem que a obesidade traz muitos problemas de saúde e um deles são os problemas na coluna. Existem vários problemas na coluna e também já falamos de muitos aqui como a hérnia, a lombalgia, a artrose e muitos outros riscos a saúde. O interessante é que todas essas dores estão ligadas a obesidade, é claro que não é apenas a obesidade que causa essas dores, mas ela contribui e muito.

Vamos mostrar a você como a obesidade pode aumentar o risco de problemas na coluna, como prevenir e muitas outras coisas. Fique ligado aqui e acompanhe nossas dicas, elas são importantes para você.

O que a coluna tem a ver com a obesidade?

cuidados obesidade

Eles têm muita relação e você verá isso ao longo desse artigo, para começar uma pessoa obesa tem mais gordura na região abdominal, ela está na frente da coluna lombar, ou seja, pode ser afetada diretamente pelo acumulo de gordura e ter muitas dores lombar, mas não é só isso. O excesso de peso acaba gerando uma grande sobrecarga na coluna e com isso aumenta a curvatura da lombar.

Para que você entenda melhor nós vamos mostrar a relação da obesidade com cada doença relacionada a coluna, dessa forma você vai poder entender melhor a relação que a obesidade tem com cada uma delas e vai poder prevenir de forma correta. Então fique de olho e se você já está apresentando algum problema de coluna e é obeso não deixe de ler, isso é importante e vai te ajudar a evitar ainda mais problemas.

Hérnia de disco

dor por hernia de disco

Por causa da grande concentração de gordura na região abdominal a obesidade pode provocar hérnias discais. A cada 10 quilos a mais que o seu peso ideal o risco de ter dor nas costas e hérnia de disco aumenta. Uma pessoa obesa geralmente enfrente o problema de hérnia de disco, a obesidade acaba sobrecarregando a coluna vertebral e pressiona os discos, com isso a hérnia aparece.

A hérnia de disco acontece quando o disco intervertebral sai de sua posição normal, quando isso acontece ele comprime as raízes dos nervos. É um problema muito comum na região lombar por ser uma região que tem mais sobrecarga. Mas antes do problema acontecer, a obesidade contribui para desidratar os discos da coluna, se nada for mudado e o indivíduo não tratar a obesidade a desidratação do disco pode evoluir para uma artrose ou hérnia de disco.

A notícia boa para você que já está com hérnia de disco por causa da obesidade é que se você tratar a obesidade e voltar para o seu peso ideal a lesão pode ser tratada em uma cirurgia. Mas se você ainda é obeso e não tratou a cirurgia pode ser a mais indicada, mesmo assim a cirurgia de hérnia de disco é indicada somente quando existe a perda motora.

Osteoporose

osteoporose

Isso mesmo, as pessoas obesas têm mais chance de desenvolver osteoporose, principalmente se levar uma vida sedentária, o que é bem comum para os obesos. A alimentação errada e desequilibrada juntamente com a obesidade que força muito os ossos contribuem para o desenvolvimento da osteoporose. Muitas vezes uma pessoa obesa fica com a estrutura comprometida e existe um risco maior de fratura, elas podem ser bem dolorosas.

Uma pessoa com osteoporose já perdeu entre 25% e 30% da densidade óssea desejável, isso é muita coisa e se você está com esse diagnóstico precisa se cuidar. As articulações da coluna com o peso excessivo fazem uma pressão e esforço muito maior que o natural e o risco de quedas e fraturas acabam sendo bem maiores na região da coluna.

Lombalgia

fatores de risco lombalgia

Essa é a dor nas costas geral, se você está com dores na região lombar quer dizer que está com lombalgia. Ela é a mais comum em pessoas obesas, ela afeta qualquer pessoa em qualquer idade e fase da vida e pode durar de dias até meses. Um indivíduo com lombalgia sente dor no fundo das costas, sente uma sensação de queimação e formigamento em uma ou nas duas pernas e sente outros sintomas.

Entre as causas da lombalgia está a obesidade, uma pessoa com obesidade não tem o costume de sentar em uma posição correta, não consegue se abaixar da forma correta e tem mais chance de ter inflamação e infecção. Tudo isso contribui para a lombalgia que pode ser aguda ou crônica.

Se está com dores na coluna e essa dor já passa de dias é importante que procure um médico, não deixe de consultar um profissional, o problema pode ser simples agora, mas se deixar para tratar depois pode ser bem mais complicado. Faça os exames necessários e consulte um nutricionista para te ajudar a perder peso.

Artrose

osteoartrose joelho articulacao anatomia

A artrose é muito comum em idosos, mas também pode afetar jovens, principalmente obesos, esse é um problema na coluna causado por acidentes, excesso de peso, excesso de atividade, fatores genéticos e outros. Uma pessoa com artrose na coluna pode ter vários sintomas, mas o principal deles é a dor intensa nas costas. A obesidade é um dos principais fatores que causa a artrose, pois carregar mais peso corporal deixa e pressão adicional sobre as articulações que suportam o peso, como a coluna, por exemplo.

Para fazer o diagnóstico dessa doença é necessário fazer alguns exames como o raio X e ressonância magnética. Depois que o diagnóstico mostrar que o paciente está com artrose é necessário iniciar o tratamento. Você precisa saber que a artrose não tem cura conhecida, existem tratamentos para reduzir a dor e ajudar a manter o movimento e função da articulação.

No geral o tratamento é para aliviar os sintomas por isso você vai ingerir analgésicos, anti-inflamatórios, narcóticos e fazer terapias. O tratamento é bem chato e muitas vezes longo, podendo durar a vida toda dependendo do nível da artrose.

Conclusão

obesidade e sobrepeso podem ser ajudadas pela acupuntura

É por isso que você precisa ficar atento e prevenir essas doenças que citamos aqui, todas elas têm relação com a obesidade. A obesidade aumenta o risco de problemas na coluna e por causa dela você pode ter não só um, mas vários problemas. Por isso não deixe de tratar, pois o peso em excesso pode não só acarretar problemas cardíacos, diabetes, hipertensão e outras doenças já conhecidas, a obesidade também pode gerar problemas na coluna.

Nossa dica para você é manter uma alimentação saudável, fazer exercícios e manter o peso ideal, se você tem dificuldade para emagrecer ou conseguir manter seu peso certo, procure um nutricionista. O acompanhamento de um preparador físico também é interessante e você pode contar com um, não deixe de se exercitar e alimentar bem para evitar os problemas citados e muitos outros.

Deixe o seu comentário

Send this to a friend