AVISO - FERIADO SÃO PAULO: Seguiremos com atendimento segunda/terça/quinta/sexta. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Dor no pescoço: Quando você deve se preocupar?

Dor cervical de início súbito (agudo) é um tipo comum de dor. Na maioria dos casos, a dor não está relacionada a uma doença grave ou lesão de pescoço. Entretanto, a causa exata para a dor nem sempre é clara, por isso é muitas vezes referida como cervicalgia inespecífica.

Estudos mostram que duas entre três pessoas irão apresentar sintomas de dores cervicais em algum momento de nossas vidas.

A maioria das dores cervicais ocorre devido a entorses menores, má postura, ou uso inadequado de tablets e smartphones. A recuperação completa, sem novos sintomas, ocorre na maioria dos casos (mais de 90%).

As recomendações médicas habituais sugerem a atividade física, evitando repouso excessivo, pois a inércia e sedentarismo podem intensificar as dores. Os analgésicos e relaxantes musculares são remédios úteis no alívio sintomático das dores na fase inicial.

A dor crônica é considerada quando esta  persiste por mais de 3 meses, apesar da dor crônica ser rara, é necessária uma avaliação realizada por médico especialista, o qual poderá diagnosticar e indicar o tratamento adequado.

O tratamento da dor crônica é diferente do tratamento da dor aguda, necessitando de intervenções multidisciplinares.

Como a cervicalgia ocorre?

Divisões e curvaturas da coluna vertebral

Divisões e curvaturas da coluna vertebral

 

A coluna vertebral é composta pela coluna cervical, torácica e lombar.

A cervical é responsável pelos movimentos do pescoço, permitindo a movimentação da cabeça em todas as direções, além disso, são as vértebras cervicais que dão suporte ao crânio e protegem os nervos vitais que conectam nosso cérebro com o resto do corpo.

Os 7 ossos vertebrais da coluna cervical são conectados por discos esponjosos de absorção de choque por uma rede de músculos duros conectivos suportando eles. A medula espinhal passa através de uma espécie de tubo formado pelos ossos.

Danos ou deformação em qualquer um destes ossos podem causar dor.

 

 

Quais são os sintomas da cervicalgia?

Os principais sintomas de hérnia de disco cervical são dor no pescoço, sensação de formigamento e de dormência, e fraqueza muscular.

 

Obviamente, a dor é o principal sintoma.

Vamos entender as características desta dor. Ela começa no pescoço e se espalha por um ou ambos os ombros (às vezes descendo para o braço) ou subindo para a parte de trás de sua cabeça.  Seu pescoço e ombros podem apresentar-se endurecidos, com contraturas musculares.

Sensações de alfinetadas e agulhadas são comuns. Geralmente, não se trata de um sinal preocupante, mas estes sintomas devem ser avaliados, pois podem  sugerir que um nervo que emerge de sua coluna pode estar preso ou irritado (pinçamento nervoso).

A dor aguda geralmente melhora depois de alguns dias e desaparece dentro de semanas, caso contrário, pode se tratar de dor crônica.

 

 

Cervicalgia aguda

A maioria dos episódios de dor aguda no pescoço são devido a uma distensão muscular ou outro tipo de entorse de tecidos moles (ligamentos, tendões).

Este tipo de lesão pode ser causado por uma força repentina (como whiplash ou efeito chicote) resultantes de um acidente de carro, ou por estiramento muscular cervical (tais como um torcicolo após dormir em posição errada, ou uma lesão após carregar objetos pesados, como malas).

 

A maioria das pequenas lesões de ligamentos, tendões e músculos do pescoço geralmente cicatrizam com o tempo (em poucos dias ou semanas) porque estes tecidos moles têm um suprimento bom de sangue para trazer os nutrientes e proteínas necessários para a cura e recuperação.

 

Tratamentos como gelo e/ou calor, medicamentos, terapia física, e/ou acupuntura podem ajudar a aliviar as dores durante a recuperação.

Anti-inflamatórios não esteroidais podem ser úteis por períodos breves de até 7 dias para diminuir a inflamação neurogênica local. No entanto, deve-se evitar o uso prolongado pelo risco de lesões gástricas, renais ou hepáticas.

 

 

Alguns tipos comuns de dores cervicais

Tipos e causas de dores cervicais incluem:

Dor cervical inespecífica

Este é o tipo mais comum, sendo também conhecida como cervicalgia simples ou mecânica.

Muitas vezes a origem da dor ou causa exata não é conhecida, podendo incluir pequenas tensões e distensões de músculos ou ligamentos no pescoço. A má postura também pode ser um fator contribuinte em alguns casos. Por exemplo, dor cervical é mais comum em pessoas que passam muito do seu dia de trabalho em uma mesa, com uma postura inadequada de flexão cervical.

 

 

Whiplash (efeito chicote)

Isto é mais comum quando decorre de um acidente envolvendo um veículo. Pode causar dor crônica no pescoço dependendo do grau da lesão e impacto.

 

 

Torcicolo

É também conhecido como pescoço travado ou pescoço dolorido. Pode surgir subitamente, após uma noite mal dormida, pequenos traumatismos agudos, ou espasmos musculares.

O torcicolo é uma condição na qual a cabeça fica torta para um lado, e é muito doloroso mover a cabeça lateralmente. Muitas vezes não se sabe a causa do torcicolo primária aguda.

No entanto, pode ser devido a uma menor tensão, ou aumento da contratura ou espasmo de um músculo ou ligamento na região cervical (como os músculos trapézio, esternocleidomastóide e os esplênios da cabeça e pescoço).

Alguns casos podem ser devido a determinados músculos do pescoço serem expostos ao frio por períodos excessivos, gerando um microespasmo muscular local.

É comum as pessoas irem para a cama se sentindo bem e acordarem na manhã seguinte com uma crise de torcicolo aguda.

A dor geralmente melhora, sem qualquer tratamento, após alguns dias. É importante procurar o médico em casos de limitações de movimento importantes, ou em casos que a dor persista por semanas.

 

 

Desgaste (doença degenerativa)

Desgaste dos discos entre as vértebras e os ossos da coluna vertebral é uma causa comum para dores cervicais persistentes ou recorrentes nas pessoas idosas. Isso é também conhecido como espondilose cervical.

No entanto, estudos de ressonância magnética mostram que a maioria das pessoas acima de 50 anos têm algum grau de degeneração (espondilose) sem necessariamente apresentarem dor.

 

 

Radiculopatia cervical

Quando a raiz de um nervo cervical é pressionada ou danificada. Assim como a cervicalgia, existem sintomas específicos tais como perda de sensação (dormência), dor em padrão de alfinetada ou agulhada, dor em choque e fraqueza em partes de um braço (como dificuldade para levantar o braço, ou perda de agilidade e destreza nas mãos e dedos). Esses outros sintomas podem inclusive serem as queixas principais em vez de dor.

As causas mais comuns de uma radiculopatia são espondilose cervical e um prolapso discal.

Um prolapso discal é às vezes chamado de uma hérnia de disco, o que acontece é que parte da área mais macia interna do disco projeta-se para fora (prolapsos) através da parte mais externa do disco, pressionando o nervo que passa fora da vértebra, resultando nos sintomas de parestesias e dor.

A maioria dos casos necessita de tratamento clínico, com recuperação completa em até poucas semanas. O tratamento conservador inclui medicamentos sintomáticos, fisioterapia e exercícios, além de acupuntura.

 

Vídeo explicativo sobre Hérnia de Disco

 

 

Preciso de exames para minha cervicalgia?

ressonancia magnetica cervical normal

Ressonância Magnética Cervical sem alterações significativas.

Enquanto você não apresentar nenhum dos sintomas considerados como “bandeiras vermelhas” citados abaixo, você provavelmente não precisará de exames de imagem.

Raios X e tomografias ou ressonâncias não são recomendados, exceto em circunstâncias especiais, pois nem sempre a conduta médica será alterada conforme os resultados do exame. A maioria das pessoas a partir dos 40 anos irá apresentar sinais de desgaste, e serão assintomáticos.

A ressonância magnética é recomendada em casos de dores crônicas, visando despistar e eliminar hipótese de hérnias discais ou lesões tumorais compressivas, indica-se quando há sintomas de irradiação da dor para braços, ou em casos de sensação de formigamento, choques e fraquezas em braços ou mãos.

Nestes casos, é importante a avaliação de um médico especializado em dor.

 

 

Bandeiras vermelhas (“Red Flags”) – Quando eu deveria me preocupar

anatomia dor no pescoco cervicalgia

As bandeiras vermelhas são alertas para uma avaliação mais detalhada. Portanto, é preciso ter atenção quando:

Os sintomas envolvem dormência, fraqueza ou sensação de agulhadas e alfinetadas persistentes no braço;

Há mal estar, perda de peso ou febre;

Há piora da dor, ao invés de melhorar em alguns dias ou semanas;

Os ossos do pescoço (em vez de músculos de cada lado) estão muito sensíveis;

Há outros problemas médicos, como um histórico de um acidente recente, câncer ou artrite reumatoide.

 

 

Tratando a dor no pescoço

Quando você sentir a dor no pescoço pela primeira vez, pode ser muito doloroso se mover e você irá precisar descansar por alguns dias. Depois disso, enquanto você não tiver os “sinais vermelhos” acima, é importante manter o pescoço em movimento para parar o enrijecimento.

 

  • Evite permanecer sentado por tempo prolongado, procure manter as atividades diárias normais conforme for possível;

 

  • Fármacos: analgésicos como o paracetamol ou anti-inflamatórios analgésicos como o ibuprofeno (que também são disponíveis em formulação tópica) podem ajudar. Além disso, seu médico pode recomendar relaxantes musculares se houver frequentes espasmos musculares;

 

  • Compressa quente (bolsa de água quente ou elétrica) sobre os músculos da região também pode ajudar no relaxamento da musculatura cervical, facilitando alongamentos e diminuindo a inflamação local. O movimento fica facilitado e o calor ajuda na analgesia local.

 

 

Pescoço travado ou pescoço duro

Já mencionamos anteriormente sobre o torcicolo, mas vale compreender mais profundamente sobre o chamado pescoço travado, ocorre quando o pescoço fica preso com sua cabeça torcida para um lado.

Isso pode ser devido à tensão dos músculos ou ligamentos do pescoço, fazendo com que os músculos entrem em espasmo. Dormir em uma posição desconfortável pode influenciar no surgimento do torcicolo.

É frequentemente muito doloroso nos músculos de um lado do pescoço, mas geralmente se resolve no prazo de alguns dias.

No meio tempo, analgésicos e relaxantes musculares vão ajudar com a dor e limitação do movimento. O uso de anti-inflamatórios não-esteroidais por curtos períodos pode também ser importante para diminuir a inflamação local.

 

 

Evitando a dor no pescoço: o que fazer e o que não fazer

text neck

Você não pode sempre evitar a dor no pescoço, mas simples precauções no dia-a-dia podem reduzir o risco do sofrimento.

 

O que fazer:

Vire a cadeira diretamente para o computador e ajuste a sua cadeira para que a tela esteja ao nível dos olhos;

Alongue-se regularmente, principalmete quando o posto de trabalho é apenas mesa e cadeira;

Ao dirigir longas distâncias, recomenda-se parar e alongar-se, diminuindo a tensão na cervical e músculos relacioonados;

Mantenha sua cabeça para trás sobre sua coluna, em vez de debruçado para a frente;

Considere praticar Pilates, yoga ou a técnica Alexander (muitos conselhos têm listas de classes locais para todas as idades e habilidades!), estas modalidades promovem equilíbrio e melhora postural;

 

O que NÃO fazer:

Dormir de barriga para baixo. Se possível, durma de costas;

Usar travesseiro muito firme ou alto – Ele deverá apoiar a curva natural do seu pescoço ombros para cima;

Manusear dispositivos eletrónicos (telefone, tablets) com a cabeça para baixo. Utilize, portanto seu telefone sob o queixo levantando seus ombros para cima.

 

O processo de digitar mensagens ou textos no celular, principalmente na posição sentada, é a condição que causa maior flexão e sobrecarga na região do pescoço, podendo resultar em dor e hérnia de disco e protrusão

 


Atualizado em 08 de março de 2019.

Dr. Marcus Yu Bin Pai

CRM-SP: 158074 / RQE: 65523 - 65524 | Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura. Área de Atuação em Dor pela AMB. Doutorando em Ciências pela USP. Pesquisador e Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do HC-FMUSP. Diretor de Marketing do Colégio Médico de Acupuntura do Estado de São Paulo (CMAeSP). Integrante da Câmara Técnica de Acupuntura do Colégio Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP). Secretário do Cômite de Acupuntura da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Dor da Universidade de São Paulo (USP)

32 Comentários

Deixe o seu comentário.
  • DR. muito legal sua explicação e o vídeo, estava com uma dor no pescoço atrás, que descia para a parte de traz das costas etc – li sua matéria, fiquei mais calmo e fiz o exercício do vídeo, na primeira já melhorou um pouquinho, acho que o problema é justamente este, o estresse, também estou com dores na perna esquerda, na parte das nádegas e cocha, talvez porque fico muito sentado etc, mas vou ver se melhorar com exercícios..- Estresse!! também num país como este – sou representante!!!

    UM grande abraço e que Deus o abençoe, fui na Santa casa de Limeira fiquei 1:30 aguardando, já tinha um Sr desde as 8:00 é sacanagem né!!!. vim embora kkkkk

    • Minhas dores são iguais, algumas dicas?
      Obrigado

    • Tenho 41 anos, sou dentista e sinto dor no meu pescoço há mais ou menos 10 anos todos os dias da minha vida!
      Abandonei minha profissão por causa dessas dores
      Já fui a neurologistas,dentistas,ortopedistas e não se encontra a causa da minha dor!
      É uma dor do lado direito do pescoço que já me acordo com ela e dor na parte de cima dos olhos, exatamente na sobrancelha(dor de cabeça)
      Por causa dessa dor, já tenho depressão e estou tendo aumento de pressão, que nunca havia tido na minha vida
      Gostaria muito de alguma ajuda para achar a causa dessas dor

    • Tenho 41 anos, sou dentista e sinto dor no meu pescoço há mais ou menos 10 anos todos os dias da minha vida!
      Abandonei minha profissão por causa dessas dores
      Já fui a neurologistas,dentistas,ortopedistas e não se encontra a causa da minha dor!
      É uma dor do lado direito do pescoço que já me acordo com ela e dor na parte de cima dos olhos, exatamente na sobrancelha(dor de cabeça)
      Por causa dessa dor, já tenho depressão e estou tendo aumento de pressão, que nunca havia tido na minha vida
      Gostaria muito de alguma ajuda para achar a causa dessas dor
      Não aguento mais sentir dor, posso dizer que não sou feliz, não da para ser feliz com tanta dor m!

    • Gostei muito das suas publicações. Dr fiz cirurgia de clavícula já 8 meses coloquei placa e para fuso mas sinto muita dor no ombro na par no.braço ou seja na parte de trás e no pescoço. Sinto muita dor de cabeça não consigo fazer movimentos com o braço que sinto tudo que citei isso tudo é normal ou Tenhe algo errado

  • Parabéns por tanta informação útil e atual. Estou passando por dores incômodas, tensionando minha coluna cervical. Seguirei as dicas e voltarei a escrever como sinto.
    Obrigada!
    Sandra.

  • José Fernandes da Silva

    José Fernandes da silva
    Eu sinto muita dor de cabeça e no pescoço. Gostaria de saber se existe um tratamento específico para essas dores.
    Obrigado

  • Muito boa as informacoes, neste momento estou sofrendo dores muito forte no pescoso e articulacoes. Agora posso amenisar um pouco com estas informacoes, ate os medicos me darem um resultado correto. Muito obrigada.
    Eunice

  • Obrigada, no momento que vi o video, comecei a fazer os exercícios, e quando terminou ja me sentia muito melhor. Esta sera minha tarefa de todos os dias ate ficar completamente boa, porque estou sofrendo a quase um ano. Mais uma vez muitisso obrigada.
    Eunice

  • Minha mãe sofre demais com dores constante e fortes em um lado da cabeça em um lado do pescoço e ombro e braço. JÁ fez cirurgia de coluna 2 vezes não resolveu. Há 15 anos sofre demais com isso. Hoje ela tem 74 anos. Quero ajuda_lá mas não sei como. Não tem remédio que acabe com as dores dela. Por favor se alguém puder ajudar, agradeço imensamente.

  • Carmen Catelli do Amaral

    Que beleza! Hoje em dia quando vou ao médico já levo o início do diagnóstico! E tem como ser ao contrário? Agradeço pela enciclopédia de informação!

  • Informações abrangentes dadas com clareza. Obrigada!

  • Tenho uma dor no pescoço que irradia para a cabeça, dor incomoda e insuportável….o que pode ser ? Por vezes também da dor na nuca

    • Ellen May Cavalcanti de Albuquerque

      Há quase um ano sinto dor no pescoço que se irradia para a cabeça do mesmo lado. lado direito.já fiz uma ressonância sem contraste, levei a fisiatra, ortopedista, neurologista, médico de pescoço e cabeça, geriatra, e nada consegui. Tenho 83 anos , sou ágil, faço todo o meu trabalho caseiro, muito bem feito, embora sentindo dores,.Todos dizem que é próprio da minha idade,lógico tem várias coisas na ressonância. fico preocupada , em ter um tumor cerebral e a ressonância não ter mostrado.Sinto dores até no ouvido e naquele osso que fica atrás da orelha. Por favor, gostaria de fazer algo ou ir a outro lugar para aliviar essas dores, principalmente da cabeça. Não é dor de cabeça constante, é ao fazer algum movimento.Obrigada.

    • Pode ser stress, má postura, muito tempo na utilização do celular, forçando a cabeça para baixo, falta de água no corpo. Tome bastante líquido diário, faça alongamentos e evite baixar muito o pescoço no usos do celular e verás melhoras.

  • Olá. Também estava com muitas dores no pescoço e dores de cabeça insuportáveis. Comecei a pesquisar e percebi que a falta de de agua no corpo acaba prejudicando. Também tenho passado por vários períodos de stress, o qual ajuda a formar nódulos tensionais. Comecei a tomar bastante agua no dia a dia, e na primeira semana já senti resultado, as dores de cabeça se foram. E também é importante respirar corretamente e evitar o stress físico e emocional. Com os alongamentos também, já estou conseguindo dormir direito, já que não conseguia nem virar o pescoço para deitar de lado, devido às fortes dores. Paz a todos!

  • Boa noite.
    Minha filha tem cinco anos e desde sempre reclama de uma dor no pescoço n parte de trás, geralmente quando come e parece qué fica enjoada.
    Já levei no ortopedista que fez um RX da coluna cervical e não constatou nada.
    Mas ainda me preocupa sua reclamação, o que poderia ser isso?

    • Olá, estou com sensibilidade nos primeiros ossos que estão ligados ao pescoço na parte de trás dói ao tocar com as mãos, o que será?

    • Meu filho tem 11 anos e tbm se queixa de dores do pescoço e as veses de enjoos tbm fico bastante preoculpada

  • Muito clara e objetiva a explicação sobre dores no pescoço. Eu espero que ela possa ser vista e compartilhada por muitas pessoas, pois foi bastante esclarecedora para mim. Obrigado por disponibilizar este trabalho na WEB. Forte abraço.

  • amei sua dica obg

  • Sinto umas pontadas e dores que parece ser na veia, do lado direito do pescoço, que pega um pouco da parte bem acima do peito. Também dói quando respiro e quando me abaixo. O que pode ser? Tenho 19 anos. Obrigado.

  • oi não aguento mais de dor no pescoço faz um mes ja c essa dor.ja tomei injeção remédio e nada.agora sinto dor de cabeça leve e o osso da cabeça doi ombros as costas inteira ..oq pode ser?vou ao medico so sabe dar injeção e paracetamol não aguento mais…doi muito.
    .

  • Bom dia Dr
    Boa explicação , mas fale mais a respeito da fibromialgia
    Tive o diagnóstico no ano passado , fiquei seis meses de cama , fiz tomografias da cervical e lombar um médico diz que deu 2 hérnia , outro que não deu nada , e oque eu tenho e fibromialgia
    Conclusão não sei se e fibromialgia ou hérnia ou se e os dois
    Dr poderia falar um pouco a respeito
    Obrigado

  • Francisca das X.Ribeiro Barbosa

    Obrigada pelas informações gostei muito estou sentindo dores no lado esquerdo do pescoço passando pelo ouvido até o lado esquerdo da cabeça ,e sinto dor no disco da coluna cervical lombar que me incomoda,mais na hora de dormir e ao levantar.

  • Boa tarde, tenso sentido dor na Cabeça do lado direito, que por vezes irradia pro ouvido e pescoço, mas só sinto a dor ao me movimentar. Quando estou parada geralmente não sinto. O que pode ser?

  • Vânia fatima Camargo de souza

    Sinto dor no meu braço esquerdo , pescoço, ombro e as vezes a pena não estou aguentando mais e qdo me deito dói minha cabeça o que pode ser

    • Tmb tô assim,a dor é como fosse na veia do pescoço do lado esquerdo,fico com medo,e acontece sempre quando eu acordo,vc já descobriu o q é?? Meu whatsapp 82988105025

Leave a Reply to Sandra Cancel Reply

Artigos relacionados

Send this to a friend