AVISO: NOVO LOCAL DE ATENDIMENTO - Rua Saint Hilaire 96 (a 5 minutos da clínica antiga), de segunda a sábado. Maiores informações, entrar em contato via WhatsApp

Metatarsalgia: dor na ponta do pé

A metatarsalgia geralmente ocorre quando você realiza muita atividade de sustentação de peso, como correr, pular ou caminhar.

A metatarsalgia é uma dor na parte frontal do pé, localizada na área dos ossos metatarsos, que são os ossos que articulam com as falanges. O diferente dessa dor é que parece acontecer em toda parte frontal do pé, mas na verdade a dor está apenas no osso metatarso. A metatarsalgia geralmente ocorre quando você realiza muita atividade de sustentação de peso, como correr, pular ou caminhar.

Pode ocorrer se você começar a usar um novo tipo de sapatos, principalmente sapatos de salto alto. Em algumas pessoas, as pontas de alguns metatarsos apontam mais para baixo do que em outras, aumentando a probabilidade desses ossos doerem.

As pessoas descrevem seus sintomas como dor aguda, aguda ou mesmo ardente; uma sensação  de bola no pé também é uma queixa muito comum. Outros também relatam a sensação de uma pedrinha no sapato ao caminhar.

Andar descalço é geralmente mais agravante do que quando se está usando um sapato, e a dor geralmente piora quanto mais se está em pé. Posições de descanso e sem peso geralmente permitem que a dor diminua.

Os ossos metatarsos

A metatarsalgia é uma dor na parte frontal do pé, localizada na área dos ossos metatarsos, que são os ossos que articulam com as falanges

Você sabe onde ficam esses ossos? O metatarso é a parte mediana do pé, é formado por cinco ossos que articulam com o tarso pelas suas extremidades proximais e com as primeiras falanges pelas extremidades distais. O pé tem diversos ossos e por isso merece muito cuidado e atenção.

Já falamos aqui sobre alguns problemas que o pé pode ter como o esporão de calcâneo, por isso você deve ter muito cuidado com seu pé e evitar sobrecarga com atividades físicas, por exemplo. Dessa forma é possível evitar diversos problemas que podem aparecer no seu pé.

A metatarsalgia ocorre por causa de uma sobrecarga grande nas cabeças dos metatarsos. Essa sobrecarga causa dor, inflamação e até fraturas por stress. Normalmente acontece no segundo e terceiro metatarso e muitas vezes está acompanhado de calosidades e pioram quando anda descalço.

Esse não é um  problema muito grave, apesar de ser bem incomodo, ele pode levar a algumas limitações nas atividades normais do dia a dia, mas é possível recuperar rapidamente.

Essa dor incomoda bastante e pode aparecer por diversos motivos.

Causas da metatarsalgia

Alguns hábitos podem propiciar o aparecimento da metatarsalgia que é a dor na ponta do pé, essa dor incomoda bastante e pode aparecer por diversos motivos.

Vamos ver alguns motivos que causam esse problema, vamos mostrar os principais fatores de risco como:

  • Atividades físicas de alto impacto e longas caminhadas. Fazer caminhadas e atividades físicas é muito importante, mas você deve fazer com bastante moderação, se você exagerar pode causa o problema.
  • As mulheres têm mais problemas por causa do salto alto e bico fino. Nesses calçados que jogam o corpo para frente você acaba usando muito a cabeça dos metatarsos como apoio principal. Isso eleva muito a pressão na região e comprimi os dedos. Essa é uma causa muito comum de metatarsalgia.
  • O excesso de peso. As pessoas que estão com sobrepeso têm um risco bem maior de ter o problema, a sobrecarga que já é grande nessa área aumenta ainda mais nesses casos.
  • Deformidade no pé. As pessoas que tem deformidade nos pés tem mais chance de desenvolver o problema, os dedos em garra e martelo e o joanete são alterações na anatomia normal do pé, isso aumenta a pressão nos metatarsos durante uma caminhada, por exemplo.
  • Pés cavos. Quem tem pés muito cavos, ou seja, com o arco do pé muito elevado, também podem ter o problema. Nesses casos a área de contato do pé com o chão é menor e sobrecarrega as cabeças dos metatarsos.
  • Atletas ocasionalmente sofrem fraturas por estresse dos ossos metatarsais.
  • Artrite, gota ou inflamação das articulações na bola do pé (articulações metatarso-falangeais) podem produzir dor local.
  • Uma joanete ou artrite no dedão do pé pode enfraquecer o dedão do pé e causar tensão extra na bola do pé. Isso também pode acontecer após uma operação no dedão do pé, como uma correção de joanete.
  • Um nervo esticado ou irritado na bola do pé (neuroma interdigital) ou atrás do tornozelo (síndrome do túnel do tarso) pode produzir dor na bola do pé. Diabetes também pode produzir problemas com os pequenos nervos no pé levando a uma dor ardente.

Sintomas da metatarsalgia

A metatarsalgia acontece como a maioria das doenças, ele aparece aos poucos, o início é progressivo, começa com dores leves na região da ponta do pé. No começo também vem acompanhada de calosidades por causa do aumento da pressão exercida no local. O agravamento da dor também pode causa vermelhidão e inchaço.

Algumas pessoas descrevem a dor da metatarsalgia com a sensação de caminhra sobre pedras, outras já descrevem como uma dor geral e difusa.

O problema pode acontecer em um pé ou nos dois, e algumas pessoas sentem a dor em apenas uma ou duas cabeças, outros já sentem em todas.

Veja os sintomas na fase aguda:

  • Dor ardente e queimação na parte por trás dos dedos dos pés;
  • Dor na área em torno do segundo, terceiro ou quarto dedo do pé ou próximo ao dedão, mas é bem raro;
  • Pontadas crescente quando está de pé, andando ou correndo e melhora quando não está apoiado nos pés como sentado ou deitado;
  • Dormência ou formigamento nos dedos dos pés;
  • Dor aguda nos dedos ou pontadas;
  • Sensação semelhante quando existe uma pedra no sapato;
  • A dor piora bastante quando flexiona os pés;
  • A dor aumenta quando está descalço, principalmente andando em superfície dura.

É importante uma avaliação do médico especialista em dor. Dores na região do tornozelo e pés podem ter outros diagnósticos diferenciais, como a síndrome dolorosa miofascial e a tendinopatia do calcâneo por exemplo.

Um diagnóstico diferencial é o Neuroma de Morton, que ocorre por inflamação no nervo interdigital

Inflamação nervo neuroma de morton

Como é feito o diagnóstico da metatarsalgia?

Vários problemas nos pés podem causar sintomas semelhantes aos da metatarsalgia.

Encontrar o diagnóstico correto e, portanto, a causa da metatarsalgia é essencial para poder aconselhar o tratamento correto. Às vezes, mais de um diagnóstico está presente.

Vários problemas nos pés podem causar sintomas semelhantes aos da metatarsalgia. Para ajudar a identificar a origem de sua dor, seu médico examinará seu pé enquanto você está de pé e enquanto você se senta e pergunta sobre seu estilo de vida e nível de atividade.

O médico examinará o pé do paciente e perguntará ao paciente sobre:

-seu histórico médico

-seu estilo de vida

-que tipo de calçado eles usam

-seus hobbies

É importante avaliar também quando a dor começou, com que frequência ela ocorre, quando e onde, se está piorando ou não, e se há dor em outras partes do corpo.

O paciente pode ser solicitado a andar em uma esteira ou placa de pressão para avaliar sua marcha. Isso pode ajudar a identificar quais partes do pé estão recebendo pressão.

Exames de imagem podem ser necessários para afastar outras causas de dor no pé.

Testes de imagem, como um raio-X, uma ressonância magnética ou ultra-sonografia irá revelar quaisquer fraturas ósseas.

Os exames de sangue podem detectar possíveis condições subjacentes, como gota, artrite ou diabetes.

Como tratar e prevenir

O primeiro passo no tratamento da metatarsalgia é determinar a causa da dor, e realizar mudança de alguns hábitos. Se calçados inadequados forem a causa da dor, os calçados deverão ser trocados.

O tratamento vai depender do grau do seu problema. O objetivo, no início, é diminuir pressão nos ossos metatarsos, por isso:

  • Pare de usar salto ou diminua o tamanho do salto consideravelmente.
  • Reduza a carga de exercícios e atividades de alto impacto como corridas.
  • Perca peso para diminuir a sobrecarga.
  • Use palmilhas em caso de problemas como o pé cavo.

Felizmente, a metatarsalgia pode ser tratada na maioria dos casos por reabilitação e não precisa de nenhuma intervenção cirúrgica. O seu médico o ajudará a determinar qual curso de tratamento e práticas de reabilitação é adequado para você.

Aplicar gelo no pé e aplicar um curativo de pressão pode ajudar a iniciar o processo de cicatrização.

O uso de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos pode ser importante em uma fase inicial. No entanto, é necessário uma avaliação médica pelo risco de sangramento e lesão gastrointestinal e renal. Os riscos do uso e abuso de anti-inflamatórios aumenta com a idade, e se a pessoa apresenta comorbidades. Evite o uso de medicamentos por mais de 10 dias. Se não houver melhora dos sintomas, procure seu médico.

Além da mudança de hábitos o médico fisiatra pode indicar fisioterapia para melhorar os sintomas e aperfeiçoar a maneira de andar.

Aplicar gelo no pé e aplicar um curativo de pressão pode ajudar a iniciar o processo de cicatrização. O seu médico também pode recomendar que você não fique de pé por alguns dias enquanto estiver ajustado à bandagem de pressão.

Manter um peso saudável evita estresse desnecessário nos pés. Inserções de sapato reduzem o impacto no antepé e o estresse nos pés. Palmilhas também podem ajudar a corrigir as anomalias biomecânicas que podem piorar a metatarsalgia. Quando a dor e a dor são severas ou interferem com a função, estas palmilhas feitas sob medida podem ser apropriadas. Palmilhas bem feitas também ajudam a garantir o alinhamento adequado dos pés, o que pode prevenir a dor do antepé.

Calçados e botas adequadamente projetados têm caixas de dedos que são suficientemente largas e altas para permitir que os dedos se espalhem. Eles ajudam a evitar a pressão no antepé e reduzem o risco de metatarsalgia. Evite sapatos com saltos extremamente altos e dedos apontados, que aumentam a pressão e o estresse no antepé.

A duração da recuperação depende de muitos fatores, como idade, saúde e se você já sofreu uma lesão no pé. O tempo de recuperação também depende da gravidade da lesão. A dor leve no pé pode se recuperar dentro de alguns dias a algumas semanas, enquanto a dor intensa no pé pode levar mais tempo para se recuperar.

Dicas para prevenção. Quais exercícios fazer ou evitar?

 

Estratégias de exercícios incluem:

– Nadar ou andar de bicicleta ao invés de praticar esportes de alto impacto e exercícios que pressionem os pés

– Exercitar o tornozelo e alongar o tendão de Aquiles

– Usar palmilhas ajustadas (órteses), para realocar a pressão, melhorar a função do pé e proteger o antepé

– Descansar e levantar o pé quando puder

– Segure um pacote de gelo (ou saco de ervilhas congeladas) em uma toalha na área dolorosa por até 20 minutos a cada poucas horas

– Usar sapatos largos e confortáveis com salto baixo e sola macia

– Tente perder peso se estiver acima do peso

Evite:

-Não ande ou permaneça por longos períodos

-Não use sapatos de salto alto ou sapatos apertados e pontiagudos

E a acupuntura? Ela pode ajudar no tratamento da metatarsalgia?

Sim. Apesar de haverem poucos estudos sobre o uso da acupuntura no tratamento da metatarsalgia, a acupuntura pode auxiliar no alívio das dores, inflamação e incapacidade geradas por essa dor nos pés.

A acupuntura tem ótimos efeitos analgésicos, relaxantes muscular e anti-inflamatório, podendo auxiliar no controle dos sintomas. Segundo pesquisas, os pacientes relatam uma sensação de bem estar, e alívio da dor já após as primeiras sessões de acupuntura.

É importante lembrar que a acupuntura por si só não cura a doença. É necessário antes de tudo fazer a correção das causas, ou seja, ajuste do calçado, remoção das palmilhas.. Sem isso, a acupuntura serviria apenas para um alívio analgésico temporário, e as dores nos pés pela metatarsalgia logo voltariam!

Segundo trabalho científico americano observacional, que avaliou o uso da acupuntura em uma Clínica Reumatológica, os pacientes que receberam acupuntura para dores crônicas apresentaram um alívio importante da dor após uma média de 5 sessões.

É necessário ressaltar que nem todos os pacientes respondem a todas as formas de tratamento, como a acupuntura. O mais importante é associar medidas preventivas, além de medidas farmacológicas e não farmacológicas, sendo a acupuntura um importante aliado no tratamento da metatarsalgia.

 

Dr. Marcus Yu Bin Pai

CRM-SP: 158074 / RQE: 65523 - 65524 | Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura. Área de Atuação em Dor pela AMB. Doutorando em Ciências pela USP. Pesquisador e Colaborador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do HC-FMUSP. Diretor de Marketing do Colégio Médico de Acupuntura do Estado de São Paulo (CMAeSP). Integrante da Câmara Técnica de Acupuntura do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP). Secretário do Comitê de Acupuntura da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Professor convidado do Curso de Pós-Graduação em Dor da Universidade de São Paulo (USP). Membro do Conselho Revisor - Medicina Física e Reabilitação da Journal of the Brazilian Medical Association (AMB).

10 Comentários

Deixe o seu comentário.
  • Bom dia:
    Sofri fratura do metatarso direito após um entorse do tornozelo, após 21 dias de imobilização a fratura consolidou mas o inchaço permanece, já fiz 7 sessões de fisioterapia mas o inchaço não diminui, a fisioterapia consistiu em 2 aplicações quentes com choques elétricos e 4 aplicações de gelo com choques elétricos mas o inchaço ainda não cedeu, não tenho dores mas não posso calçar o sapato devido ao inchaço, a acupuntura é indicada para este caso? obrigado pela atenção.
    Att. LeonelloTesser

  • Boa tarde
    Ando com fortes dores na planta dos pés e sim.sinto uma bolinha vi que pode ser Metatalgia…Se eu andar doi muito o que deve fazer obrigada pela atenção.

  • Tenho forte dor no meu pé e quando ando piora mas a noite sinto como estivesse enfiando uma agulha. É na parte de baixo do pé no segundo dedo do meio. Qual o melhor tênis e melhor exercício pra aliviar a dor. Obrigada

  • Tenho pontas crescentes debaixo do no meu pé esquerdo próximo ao dedo do meio, começa fraco e vai aumentando até eu não aguentar e coçar muito até parar….

  • Do nada surgiu uma dor no terceiro dedo mal posso andar e está muito inchado oque fazer6

  • Virginia maria Franco Ribeiro

    Os metatarso quebrado ja faz bastante tempo mais agora tá doendo muito e inchado um pouco o que posso fazer para aliviar a dor ja fiz uso de anti-inflamatórios e resolve por uns dias e volta a dor novamente

  • Maria Auxiliadora de Souza Rodrigues

    Sinto muita dor na sola do pé nas pontas dos pés tem algum remédio q posso usar?

  • estou fazendo caminhada mais meu pé ta doendo muito.quema esquenta.antes doia só na caminhada mais agora ta doendo mesmo parado.atraz dos dedos.na pesquisa q eu fiz diz q e uma doencia chamada metatarlgia. ou pode ser da diabete.eu nao posso parar de caminhar agora.justamente porque estou diabetico.alguem pode me ajudar?

  • Meu segundo dedo do pé está inchado perto da unha e alguns dias atrás eu não sentia dor, mas hoje comecei a sentir dor ao andar. O que pode ser??

  • Boa tarde! sofro de inflação nos metatarso a mais de 2,5 anos, ninguém resolve, já gastei muita grana e nada dá certo, a inflamção é do 4o. e 5o. metatarso, alguém pode me ajudar?

Deixe o seu comentário

Send this to a friend